12 junho, 2008

ainda a propósito da paralisação

a revolta dos patos bravos - O Jumento
o protesto - transdisciplinar
que silêncio ensurdecedor - anonimo sec xxi
ai credo abrenúncio - corta fitas
conversa de camionista - A barbearia do senhor Luís

4 comentários:

prafrente disse...

Eu venho da noite dos tempos em que falar de politica era candidatar-se a umas férias forçadas no forte de Peniche.
Hoje tudo mudou...ainda bem.

Um dos líderes do bloqueio, sendo entrevistado por uma estação de televisão, dizia, com uma calma tal que deveria estar sob o efeito do Prozac.
-Nós somos educados, somos pacificos.Ninguém está aqui contra a sua vontade.
Mais á frente, as cãmaras mostravam os piquetes de greve a OBRIGAR os camionistas a parar.As suas atitudes, nitidamente intimidatórias, não revelavam qualquer indicio de educação ou pacifismo.Ou seja,os grevistas eram todos voluntários... á força.

Concordo com o direito á greve mas não aceito que me "obriguem" a ser grevista.

Anónimo disse...

Isso hoje é que foi um publicar de posts. E, se calhar (ainda estamos a meio da tarde), não se fica por aqui...
Quanto a comentários, desculpar-me-á mas hoje estou muito cansado. Dormi só 4 horas e além do "Protesto" escrevi mais um dos meus posts búdicos. De modo que agora deu-me a "fraqueza".
Mas sempre muitos :)) para si.
Zé-Carlos

VEU DE MAYA disse...

E é isto o Mundo? Maria do Sol divirta-se...

abraços

poetaeusou . . . disse...

*
temos, como povo,
o que merecemos . . .
,
conchinhas,
,
*