09 junho, 2008

toca a suspirar .... que a crise energética não há-de poder tudo!

para iniciar a semana ...:)
[nota: pois...chamava-se a este tipo de música como a unchained melody música de constituir família (o que quer que isso signifique)...rsrs Ah! e se bobear e apetecer dançar, quem não tiver uma garagem à mão, rume à marquise ou à varanda rsrsr]

9 comentários:

Duarte disse...

Obrigado, estava mesmo a necessitar de uma melodia assim.
Já está bem de tanta pressão!

Juani lopes disse...

yo que sufro en mi trabajo con la huelga de transporte, necesitaba un pequeño momento de relajacion y lo conseguistes
preciosa cancion de amor
saluditos

Tinta Azul disse...

era o que faltava faltar energia para suspirar...
:)

poetaeusou . . . disse...

*
eu suspiro
a pilhas, porquê ?
,
conchinhas
,
*

Carminda Pinho disse...

Poder...poder, não pode, mas também não sai de cima, bolas!

Pode também ser na cozinha, não? :)))

Bom feriado!
Beijos

um Ar de disse...

Não há dúvida: tinha uma óptima voz... Cheia de trinados!

Gostei, particularmente, dos gritinhos femininos!

Outros tempos, mesmo.

Acho que prefiro os de agora, mesmo assim!
:)
[Beijo]

P.S.: Me encantan los saluditos de Juani!...

prafrente disse...

...fechei os olhos e fiz uma regressão intemporal.
Os bailes eram na garagem dos amigos.Nunca na marquise ou na varanda.
unchained melody era a única música que me dava coragem para dizer.
-a menina dança?
Como eu não era grande dançarino e não queria pisar os pés ao meu par,limitava-me a rodar ligeiramente o corpo,ao som da música,sem sair do lugar.Aproveitava a "média luz" para fingir que adormecia deixando que a minha cabeça pousasse suavemente sobre o ombro da beldade.Nem sempre resultava...

A sério, gostei da recordação...
Recordar é viver...obrigado.

mena m. disse...

Foi bom voltar aos 14 anos!

Bom feriado!

mdsol disse...

duarte:
a ideia também é essa!
:)

juani
que bom que relaxaste
:)

tinta azul:
suspiremos pois!

poetas(tu)és:
duracel poeta, duracel
:)

carminda pinho:
linda carminda, na cozinha, no hall, no coredor...desde que dê para rodopiar...
:))

um ar de:
como tu me entendes... até arrepia [trinados mesmo... gritinhos a tender para o desmaio (em boa verdade nunca foi muito o meu género, andar a dar ares de desmaios) mas esta canção em particular foi-me muito querida...]
beijos repenicados (trinados não fica bem pois não?)
:))

prafrente:
que bom que "descansaste". a evasão é precisa volta e meia.
:)

mena m
pois...vamos lá atrás ao que fomos e também nos entendemos melhor agora.
Bem vinda por aqui
:))