24 dezembro, 2008

está quase... (8)







Dubuffet, J.
childbirth
(march 1944)



O menino era o único que estava disposto a comparecer ao presépio. Comoção no branco no branco, está bom de ver... A inocência ainda permite a centração no essencial. O que mais desconcertou o branco no branco foi uma das razões que o menino invocou: antes num estábulo sem condições do que numa casa má, muito menos se for pia!
...

E, limitado pelas sequelas desta gripe/constipação/enxaqueca, o branco no branco termina o seu "não-presépio" (como alguém teve a originalidade de chamar) tendo bem presente todos os meninos e meninas abusados seja de que maneira for.

O menino Jesus é uma boa recordação de infância, aqui no branco no branco!

Desejo a todos os que por aqui passam uns dias muito bons, sejam de festa ou não.
:))))))))

8 comentários:

Anónimo disse...

"O menino Jesus é uma boa recordação de infância",...
é também uma boa recordação dessa identificação (de Alguém..) com aqueles e aquelas que nada são, os excluídos,os abusados e os não-olhados por nós, os que Somos. (Sem segundas intenções, é bom que se saiba).
Um bom natal à tod@s, é ter-lugar para-esse-olhar-e-todas-as-suas-consequências.

***

cristal disse...

Com muita ternura... aquela que trouxemos dos meninos que fomos e que nos recusamos a esquecer. Que melhores deveras e tenhas uns dias cheios de coisas boas. Bj

Fernando Vasconcelos disse...

Votos de um Feliz Natal. Sinceramente ia dizer Santo mas receei que destoasse da ironia subjacente ao conjunto de posts sobre o não-presépio que achei fabulosos by the way ... Feliz Natal assim e votos também de rápidas melhoras.

~pi disse...

`A inocência ainda permite a centração no essencial.`

) re-meninar, centrar, re-ver com o branco dos olhos, sendo essencial,

e, como já dito noutro lugar,

desejo-te um bom natal - dentro de ti-

( -que-tudo-te-flua-em-paz



~

anamar disse...

Os meninos levam sempre a sua avante... na sua inocência nao medem ainda as consequ~encias...
Simplesmente deliciosa esta sua saga...
Rápidas melhoras...

rosasiventos disse...

´estar presente é sempre infinitamente mais poderoso do que qualquer coisa que se possa dizer ou fazer`


( ainda bem que o menino jesus veio, ainda bem,

vou buscar uma caminha pra ele :)

Francisco Clamote disse...

Uma belíssima e original ideia esta do "não há presépio no branco no branco".Sempre a surpreender!

Donnola disse...

é mta letra, n li :DDD