27 junho, 2008

três cerejas

Farrell, A. three cherries, s/data

Uma para a tinta -azul, outra para o natural de barrô e outra para quem a apanhar!

by the way:
não acho que o bairrismo tenha forçosamente de ser mau. incomodam-me sim, os modos pouco cosmopolitas. não concordo com quem diz que bairrismo significa complexo de inferioridade. acho que quem não tem" bairro" lhe falta muita coisa. antes um
"bairro" que um gang, antes um "bairro" que uma seita, antes um "bairro" que uma capelinha, antes um "bairro" que uma "quinta"!

8 comentários:

Carminda Pinho disse...

Já agora a terceira pode ser para mim? :)))
Já agora...antes um bairro, que um "condomínio fechado".

Beijos

O natural de Barrô disse...

Muito agradecido. Essa noção de "bairro" está bem enunciada na "Arte de ser português" de Teixeira de Pascoaes.
Bjs.

um Ar de disse...

Muito interessante, o teu "by the way"...
.
Mas, no Porto, também não há só bairros... quem dera! Há gangs, há seitas, há capelinhas, até há pequenas quintas, no meio dos espaços urbanos...
.
Depois, há a mendicidade, há a prostituição triste e pobre, há os sem abrigo, há de tudo, qual microcosmos da urbanidade em geral...
.
E é uma pena...
.
[Beijo... de ressaca da noite de ontem a teclar]

GP disse...

Vinha para comer a terceira mas cheguei tarde. Paciência...

Sábias palavras mdsol! sábias palavras.

Beijinho e bom fim de semana

Duarte disse...

Alguém se antecipou...
Estou pela convivência, seja em bairro, em condomínio, o que sim interessa é suprimir barreiras humanas.

Anónimo disse...

Estou de acordo com Duarte (e mais não acrescento...).
:))
Zé-Carlos

Véu de Maya disse...

vim logo às cerejas pq gosto muito de as saborear. Quanto ao texto faz todo o sentido... a vida saudável acima de modas e de seitas...cheira a liberdade...que vale tanto.

Bom fim de semana.
:)

mdsol disse...

carminda
quem meito madruga
:)

o natural de barrô
Be my guest!
Sugestão aceite!
:)

um ar de:
há um ditado chinês ou coisa p+arecida que sintetiza o que quero dizer...mas não me lembro bem...fala de educação e aldeia...
:)

gp
ainda um dia havemos de ir todos às cerejas...até me apetece a mudar o nome do blog para cereja...
:)

duarte:
sim, também é isso

José-Carlos
idem idem aspas aspas
:)

veu de maya
liberdade sempre e muito habitada também!