29 março, 2008

o carolina m. salgado

a poeira começa a assentar ... é tempo de sererenidade...
o assunto não é simples...
partindo daqui
faço um apelo:
tratem-no como deve ser tratado: pedagogicamente (c/ tudo o que isso implica - e que é muito!)
não o tratem como um caso de polícia
não o tratem como um caso (só) de psis
não o tratem como um caso (só) político

2 comentários:

Tinta Azul disse...

o aqui está vazio...e fiquei curiosa com o que é suposto enchê-lo :)

mariadosol disse...

ai sim?
eu e as modernices mal aprendidas...é o que faz ser tudo por ensaio e erro... vou ver se remedeio ...
caso contrário...a leitura até pode ser muito profunda ehehehe