04 abril, 2008

Um pouco mais de azul - eu fora além*.



Miró:
azul I









Miró:
azul II











Miró:
azul II
I





*
antepenúltim verso do poema QUASE, de Mário de Sá Carneiro


1 comentário:

um Ar de disse...

De tela em tela...
Cada vez mais azul...
... terá ido além?

Acho que sim.
.
.
[BEIJO, daqui...]