30 setembro, 2010

suas importâncias





Petrina, Pero Topljak
friends III
(2007)







Fernando Tordo, o amigo que eu canto

...
Nos dias de hoje ou nos tempos antigos
não preciso de menos que todos os meus amigos

Ruy Belo, à memória da Céu
{outono, [homem de palavra(s)], todos os poemas,
Assírio e Alvim, 229-230}

4 comentários:

António P. disse...

Tenho a certeza que terá muitos amigos, mdsol.
Eu tenho poucos mas são bons <:)) ( sou um palhaço ).
E homem de palavra não é o mesmo que homem de palavras.
Boa noite

Vieira Calado disse...

Amigos!

Que Deus os guarde!

Saudações poéticas

António P. disse...

Ops !!!
Mas este post não foi postado antes dos das vitórias dos andrades e dos tarecos , mdsol ??
Mistérios :))

jrd disse...

Só nas asas da amizade o voo é seguro.