28 novembro, 2008

sem palavras






Calder, Alexander
untitled (from peace portfolio)
(c.1971)





[é o que faz terem um ror de ismos]



[é impressão minha, ou o facto de os ataques terem ocorrido na Índia ...faz com que... sejam... assim...tipo... menos citados? (eu sei que estou a ser eufemística...eu sei)...]


Ravi Shankar

17 comentários:

anamar disse...

Olhe que está mesmo, mas lá terá as
suas razoes....
Calder, sempre a tentação da bricadeira...
Durma bem...sem nenhum "ismo" pelo meio.

Juani lopes disse...

pues debe de ser ahi en Portugal, porque aqui nos estan inflando con la noticia a todas horas,
saluditos :))

P.d. a mi me relaja mas, este tipo de musica
http://es.youtube.com/watch?v=zK0rO-ZMUso, espero que te guste

António Torres disse...

Apropriado seria chamar a este post, não sem, mas "COM-125-palavras".
Uma por cada um dos mortos.
Sim, a Índia é muito longe.Como num outro planeta.

Osvaldo disse...

Olá Mdsol:
Bela conjugação de factos e frases com uma bela pintura de Calder a escapar aos atentados dos ter ror ismos.
bjs

mena m. disse...

Aqui tem sido tema de todos os telejornais, alguns até em edição especial!

Há vários alemães entre os feridos e reféns e até agora uma vítima mortal.

Bombaim tem sido vítima de ataques desastrosos nos últimos tempos, este com a tomada de reféns pela 1ª vez, com o fim de pressionar o governo a libertar terroristas presos e a retirar as tropas de Caxemira, segundo a opinião dos peritos nesta matéria.

Tudo isto contribui para o agravamento das más relações entre as duas potências atómicas, Índia e Paquistão!

Quem nos poderá valer?

rouxinol de Bernardim disse...

Nesta era da globalização há países mais «globais» que outros...

São também filhos de um deus menor...

Justine disse...

Porque será que eu estou a ter a mesma impressão???

(estás a "brincar" muito bem com as palavras...)
Beijo

Carla disse...

Estarás??? Creio que não! Realista, isso sim
beijos e bom fds

~pi disse...

não é eufemismo, é apenas ocidente]

- já viste que bem se ouvem as

almas e a sua dança em shiva

na sitara de shankar,

no portfolio da paz -

- na coreografia das cores,
de mão dada

(( ali, ( e aqui, embora aqui inconscientemente? ) onde a morte,

é apenas ( mais uma

pas s age,





~

Henrik disse...

Não é eufemismo. mas que esperar quando a nossa cultura actual é importada dos US of A? se morre alguém na terra do Tio Sam identificamo-nos imediatamente, pensamos logo nos filmes de hollywood. Enquanto que a Índia é vista como 'lá para os orientes' gente estranha! E à custa de dependermos dos USA damos-lhe mais importância do que devíamos. Achas que a Índia não teve o mesmo impacto televisivo? compara as notícias dos atentados em Espanha e em Londres? É impressão minha ou quase não se fala do que aconteceu em Espanha? E não é um eufemismo, nem uma metáfora.

cristal disse...

Como sempre a acertar "na mouche". Mas para mim não é surpresa. BJS

jrd disse...

Como a entendo tão bem.
Eles falar, falam, mas será que sentem!?
Eu que sou um ocidental assumido, por vezes sinto-me a "ocidente por acidente".

Véu de Maya disse...

O Mundo anda tão estúpido...que se lance um imposto sobre a estupidez...ficaria a crise financeira resolvida?

UM abraço, Maria do SOL.

Anónimo disse...

todas as palavras nunca serão demais para fazer a memória das vítimas
que foram, dos seus sonhos que não chegaram a ser,
e para as vítimas que podem vir a ser (até mesmo nós) e para estas, reflectir o irracional (quando assim for) que está por trás,
é preciso
o que se procura compreender, pode vir-a-ser transcendido,
com muito trabalho.

não temos do oriente a mesma aceitação sobre a morte, algo poderíamos deles aprender...

contudo, o valor da vida que como princípio ainda prezamos (não sem alguma inconsistência)
até os animais parecem ter em alguma medida.

vi o sofrimento deles (e experiência científica também) perante a morte de outros seres vivos (ou a iminência de)

e estando eles tão mais perto de...(?)... uma verdade primordial que se nos escapa (?)

parecem querer dizer,
toda Vida é Fundamental!

***

poetaeusou . . . disse...

*
cheira-me,
a despedida do bush . . .
,
maresias deixo,
,
*

heretico disse...

pois...

Duarte disse...

Bonita composição...

Aqui muito! talvez pelo facto de que por ali andavam uns quantos de promoção, e apanhou-os de surpresa. Regressaram todos, por fim.

Un forte abraço