09 julho, 2008

sapato não, seu Nacibe


Gal Costa, modinha para Gabriela (1975)

[acho que ninguém gosta de sapatos apertados]

7 comentários:

Carminda Pinho disse...

Sapatos apertados? C'horror!!!
Parece que foi ontem, não é? ;)

Beijo

Véu de Maya disse...

Gabriela Cravo e Canela de Jorge Amado...fonte dessa Novela da TV Globo...que era uma compnhia insubstituível das donas de casa e fazia sonhar as tinager.
Em plano palalelo o problema social da escavatura...nas suas versões modernas...gostei de recordar...Obrigado, Maria do Sol, pelo seu arquivismo apresentado com frescura.
Beijinho

um Ar de disse...

Mais, acho que há que aproveitar os dias de calor, para andar com os pés quase descalços, em chinelos de dedo, daqueles mesmo rudimentares!
.
Bem basta o resto do ano!...
.
Há que libertar os pés!
.
[Beijo....]

Anónimo disse...

Céus ! Mais de trinta anos !
:))
José-Carlos

mdsol disse...

hummm gostaram da voz cristalina da GAL!
Eu nasci assim, eu cresci assim, vou ser sempre assim...
:)

Duarte disse...

Nem sempre depende dos sapatos, mas sim dos pés.
É que nos cafeeirais...

mdsol disse...

A bem dizer.... os sapatos era uma metáfora...
não se gosta de sapatos apertados como não se gosta de "cangas", nem de espartilhos, nem de ...

L I B E R D A D E!