18 julho, 2008

Nelson Mandela faz 90 anos!

Bonjesi, W. - Wisdom's Beauty (2003)

Mcneil. G. J. - mind and nature II (1969)

se eu pudesse gostava de lhe dar um beijo. de parabéns.
sem mais palavras.


[por erro tinha assinalado aqui ]

17 comentários:

poetaeusou . . . disse...

*
amiga
,
até este mudou,
,
o que terá o virus do poder ???
,
o que se faria com o dinheiro,
gasto nos inventos do seu
aniversário, em prol das
crianças que morrem á fome,
na sua áfrica, a que tanto apelou,
e presta-se a um papel indecoroso,
de gastos multimilionários,
,
como me enganas-te, nelson . . .
,
conchinhas amigas,
,
*
conchinhas
,

Dois Rios disse...

símbolo da liberdade e da tolerância.
beijo,

WOLKENGEDANKEN disse...

Nao ouvi falar de estos gastos multimilionarios aos que se refire o poeta. Mas ainda se for assim ninguem pode dizer que o Mandela nao é ou foi um grande homem com enormes meritos.

Carla disse...

apesar de tudo...também eu gostava de lhe beijar a face. As pessoas não são perfeitas, mas umas estão mais perto da perfeição do que outras!
bom fim de semana
beijos

O Profeta disse...

Um grande Homem...


O começo!
Uma viagem no Mundo presente
Será que o vento açoita as árvores
Ou são elas que cedem ao embalo docemente

Gostava que sentisses o embalo das palavras

Bom fim de semana


Mágico beijo

Duarte disse...

Não é o que foi, nem se assemelha. Pode que não possa fazer mais, é certo, mas agora tem poder.

Sigo com a esperança de que aquela imagem que formei sua não decaia a extremos indesejáveis.

Boas intenções as tuas.

Beijos

José Manuel Dias disse...

Um post justificadíssimo ...

Tinta Azul disse...

POis eu também gostava de lhe dar um abraço. E também o lembrei, hoje, lá no meu cantinho.
O que se diz [e isto vale o que vale]é que a Gracinha Machel é que lhe deu para os gastos com bens demasiado supérfluos.
É preciso não esquecer que faz 90 anos. Muitos. E se há no mundo alguém que mereça uma comemoração assim é ele.

heretico disse...

saravah, Madiba!...

Anónimo disse...

(Era melhor que o poeta aprendesse a conjugar o verbo enganar). Até porque quem se engana é ele !
Viva Mandela!

José-Carlos

Carminda Pinho disse...

Parabéns então ao Sr. Mandela.
Os anos que lutou pela liberdade, e os que se viu privado dela, justificam uma grande festa ao fazer a bonita idade de 90 anos.
Bjinho

mia disse...

A vida, felizmente, não é a preto e branco... Dos matizes da vida fazem parte muitas variações... Se em vez das "despezas" dos festejos virmos uma justa homenagem a um homem que fez muito pela abolição da estupidez do apartheid. E depois, os festejos também são uma "indústria" que dá trabalho a muita gente! Para além de que, para os africanos, a festa da vida vale sempre a pena e as considerações de outro tipo ficam muito atrás. E é tão raro haver por lá quem faça 90 anos... e tenha vivido mais desse tempo para os outros do que para si mesmo...

Justine disse...

Belas escolhas para a homenagem a este símbolo da luta pela liberdade e igualdade entre os homens!
Beijo a ti...

WOLKENGEDANKEN disse...

"fora de tema" : Nicha é uma variante excelente dum nomem tao complicadao. Até para pessoas de lingua materna alemao e dificil. Normalmente se escreveria Nietsche, a "z" é uma perfidia para testar quem leiou (?) o nomem suficiente vezes para se lembrar :=)

mdsol disse...

Uma resposta breve já que estou assim a modos que a "banhos" de fim de semana.

Não concordo nada com o poeta. Aliás meu caro poeta: um poeta, por maioria de razão, sabe que para o ser humano o pão e o sonho, a evasão, o ir até paragens "não utilitárias" são de igual importância.
Gostei que a justine tivesse reparado nas escolhas que fiz. Modéstia à parte, não sendo eu uma criadora e tendo que me socorrer do que outros criam, acho que as escolhas que fiz mostram pelo menos como eu vejo o Nelson Mandela: A beleza da sabedoria e a ligação profunda (multicor) entre o espírito (o humano?) e a natureza que só podia ser com as cores da África profunda!
Revejo-me em todos os outros comentários muito em especial no da mia que é "especialista" nestas coisas.
Gostei da ironia do eloquente José-Carlos.
A Tinta claro, postou ums parabéns muito mais completos e falou da Graça que, afinal também fala português se quiser.
Dois rios, carla, profeta, duarte, herético, José Manuel Dias, Carminha (linda) Pinho, wolkengedanken Obrigada por mais esta "identificação".

Poeta como vês o teu comentário foi bom para que outras posições se revelassem! :)

Wolkengedanken:
Não é qu eeu tenha lido exaustivamente o "Nicha" mas li suficiente para saber escrever o nome. Portanto, se me enganava sempre, conclui que o problema era do nome ehehehehe Como dizes, nem com umas luzes de alemão como é o meu caso, o nome tem jeito. Sendo assim e para não perder muito tempo, aqui na blogosfera onde se perdoam estas criatividades eu comecei a chamar-lhe NICHA e em dias de maior ousadia vou até mais longe: Fred Nicha!

saluditos cheios de sol e boas banhocas para todos

mdsol disse...

Ah! Quanto às adivinhações que a Tinta azul da lua flutua resolveu promover:
Há pelo menos um elemento que podem ter em conta: quem escolhe a puberdade do Munch... Não é? E, mesmo que a puberdade do Munch não seja a minha síntese completa e definitiva, alguma coisinha há-de significar...
Isto sou eu a falar demais rsrsrsr
:))

A. João Soares disse...

Essa dos «gastos nos INVENTOS» não percebo. Toda a investigação ara criar tem custos! Mas os EVENTOS custam aquilo que se deseja e o efeito a obter.
Mandela que saiu da prisão por motivo político, sem raiva nem ódio nem desejo de vingança, mas pelo contrário, com compreensão, tolerância e amor ao seu povo, merece o nosso respeito.
Tenho muita admiração por um homem de tanto valor. Até resistiu às tentações de arrogância e de espavento para a sua mulher Winni o arrastava.
Creio que os bilhetes dos eventos foram destinados aos pobres da África do Sul.
Cumprimentos
A. João Soares