07 Julho, 2008

leve fiquei, bem hajas







Basso, D.
alívio insolente de sol
(2007)

12 comentários:

Véu de Maya disse...

A imagem evoca tantas sensações que só me faz falta juntar-lhe a praia, o mar e o mergulho...mas por algum tempo...

beijonhos

~pi disse...

que direi desta gela t aria?

sal e mar

ficar:

sal

i

var?




~

Duarte disse...

Parece um trabalho de espátula, mas bonito. Estas cores tão vivas que me trazem morto... de inveja.

jasmimdomeuquintal disse...

mas que impacto. muito bonito.

Justine disse...

Um forte bem hajas, por nos ofereceres essas cores em vibrante regozijo!

WOLKENGEDANKEN disse...

Hmmmm, muito sensual ...

Mar Arável disse...

Por vezes é bom carregar

um sonho

um Ar de disse...

Apesar de aparecer, o Sol, ainda me pareceu muito tímido e hesitante, por estes lados...
.
Na tela, pelo contrário, merece o título que o autor lhe deu!
.
Não me espantava, se a manhã viesse a acontecer enevoada...
.
[Beijo......]

poetaeusou . . . disse...

*
vejo o meu mar azul,
porquê ?
,
conchinhas,
,
*

manhã disse...

eheheh essa do salivar tem graça! (reporto-me ao comentário da ~pi que está inspirada!) saudações!

heretico disse...

fusão. nuclear...

belo

Anónimo disse...

Bem haja...
:)))
José-Carlos