10 julho, 2008

imagine







Frankenthaler, H.
freefall,
(1993)




Terror de te amar num sítio tão frágil como o mundo
Mal de te amar neste lugar de imperfeição
Onde tudo nos quebra e emudece
Onde tudo nos mente e nos separa.
Sophia de Mello Breyner Andresen


John Lennon, Imagine

7 comentários:

mundo azul disse...

Um lindo poema!
Esse mundo, precisa sim, é de muito amor...
Beijos de luz!!!

prafrente disse...

mas o amor é algo de maravilhoso.Ele agita cada átomo, cada célula do nosso corpo.Age por dentro e isso nota-se por fora...

Vale a pena lutar pelo amor.

Duarte disse...

Se nos amassemos mais não existiria esse terror, é o desconhecimento, o medo supera ao desejo.

Harmónico conjunto

WOLKENGEDANKEN disse...

Como só temos esse mundo melhor ocuparnos de o melhorar. Neste contexto sempre gosto da citacao do talmud "quem salva uma pessoa, salva o mundo"

E as pinturas tao interessantes que vejo neste blog. Obrigadissima !

Véu de Maya disse...

Sorrisos. poema e música.combinação perfeita. se assim fosse sempre brilhariam mais as estrelas?

beijinhos

~pi disse...

onde

onde tudo se

parece tanto

com

na da




~

Juani lopes disse...

complicidad total, tus palabras, tu musica y tu imagen
saluditos