06 julho, 2008

a Rita Lee actuou há dias no Coliseu de Lisboa





Fyfe, J.
spider painting,
2007








POEMA DE AMOR

1.

Tu és a minha aranha favorita

2.

Não sabem quanto eu gosto
de me sentir em palpos de aranha

J. de Sousa Braga,
o poeta nu, 13



Rita Lee, amor e sexo

4 comentários:

Duarte disse...

Que bom!!!
Fez-te bem descansar, estás pletórica.
Não conhecia esta Rita, boa voz, letra a condizer, sensualidade para o fim de semana... está bem...

heretico disse...

em palpos de aranha? quem diria... rsss

Tinta Azul disse...

Gosto do Jorge de Sousa Braga. Dos poemas de amor sobretudo. Este e o Anel de Saturno são dos meus preferidos. Também já os pus lá no meu cantinho, há já algum tempo.
O Fogo-Sobre-Fogo também textos muito bonitos.

~pi disse...

sempre:

como tanto jorge diz

de

tão pouco



~