07 maio, 2010

com todo o amor e carinho para as papoilas saltitantes

.



Schwarzenberg, K.
numerischer horizont
(1999)

Estão a ver muitos uns no quadro do Schwarzenberg? É isso mesmo. Quem diz uns, diz primeiros. Eis aqui, marcado na tela vermelha, visível a olho nu, tão real, quase palpável, o desejo, a aspiração, o apetite, a ambição, a vontade, quiçá a veleidade e, seguramente, o sonho. Domingo, no singular dia para a nação planetária, quase a sair de órbita, está a possibilidade, a certeza inabalável de não mais serem uns, mas primeiros.

[Quando estiver a destinar o futuro próximo aqui no rectângulo, a divina providência que tenha muito cuidadinho com as gralhas e as imprecisões. Entre, domingo serão os primeiros e Domingos será o primeiro, vai uma diferença do tamanho da fossa de Mindanau. Mandar entregar a taça na cidade dos Arcebispos julgando que, assim, vai direitinha a Jesus, é confusão do mesmo calibre. Com serviços competentes a probabilidade de acontecerem estes deslizes é pequena, mas, não vá o diabo tecê-las...]

:)))))

7 comentários:

António P. disse...

E eu a pensar que era um post acerca da Fossa de Mindanau, mdsol :))
Que desilusão. Apenas fiquei a saber que fica ali para as Filipinas. O que já sabia :))
Bom domingo, ou antes sábado , já que o seu FCP joga antes.

jrd disse...

Belo jogo...de palavras.
;)

Maria disse...

Domingo logo se vê. Paciência...

:)))

ariel disse...

A menina não me brinque com coisas sérias.....................
:))))))

Mónica disse...

vinha cultivar-me sobre a fossa de mindanau e lá tá ela com os futebois, não leio! mas o desenho gosto, é o que vale :DDD

Daniel Santos disse...

SLB!!!

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

As papoilas estão cheias de sorte. este ano, o campeão vai receber o troféu no dia do ultimo jogo. Curiosamente é o primeiro ano em que isso acontece.
O nosso clube recebeu há dias o do ano passado e houve um ano em que até recebe dois que estavam em atraso. Para os eucaliptos vermelhos é só mimos...