14 maio, 2009

a 14 de Maio, na... desculpem, esteve um dia e tanto




Cambronne, J.
May fourteen
(2005)


Não é para fazer inveja que não é. Num sou disso. Mas não me lembro de um dia tão bonito por estes lados. Deu para fazer o que tinha que fazer e para curtir um pouco estes ares. Amanhã, quando às 7 da tarde, mais coisa menos coisa, der por findas as tarefas obrigatórias, vou pôr-me ao corrente da festa do Senhor Santo Cristo dos Milagres. E não é que anda tudo tão precisadinho deles, dos milagres? Está bem, o dia 13 de Maio foi ontem e convém ter em conta outro ponto de vista, por certo mais avisado: fia-te na Virgem e não corras, não... (Convém ler isto com uma certa entoação...)
:)))

6 comentários:

intimidades disse...

fico contente por ti :P


Jokas

Paula

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Ainda bem que está a curtir um bom momento. Aproveite!

anamar disse...

De mimo... :)), sinto uma "imbejinha"!!! So conheço a Madeira , mas de há anos!
Aos Açores, nunca fui....
Mas há-de acontecer....
Beijinho e aproveita...

Luis Bento disse...

Os seus momentos são bons e contagiam. Gosto da alegria que transborda dos seus textos...

susana disse...

Fia-te na birgem, para entoar bem tem que ser na birgem!!

António Torres disse...

peço desculpa pela pergunta:
Não haverá engano?
Pode alguém chamar-se Cambronne?
:))