31 dezembro, 2008

cheios de vazios...






Zimmermann, P.
void
(2008)











Ah! Ser indiferente!
É do alto do poder da sua indiferença
Que os chefes dos chefes dominam o mundo.

Ser alheio até a si mesmo!
É do alto do sentir desse alheamento
Que os mestres dos santos dominam o mundo.

Ser esquecido de que se existe!
É do alto do pensar desse esquecer
Que os deuses dos deuses dominam o mundo.

(Não ouvi o que dizias...
Ouvi só a música, e nem essa ouvi...
Tocavas e falavas ao mesmo tempo?
Sim, creio que tocavas e falavas ao mesmo tempo...
Com quem?
Com alguém em quem tudo acaba no dormir do mundo...)

Fernando Pessoa, poemas de Álvaro de Campos, 1935


Philip Glass, Satyagraha (evening song)

11 comentários:

mariam disse...

Mdsol,

encontrar este seu cantinho e "calcorrea-lo" ao longo destes meses foi uma das agradáveis surpresas minhas, continuarei com enorme gosto a fazer-te visitas (de médico! algumas... mas gostosas é certo!)

um FANTÁSTICO 2009! te desejo.

um abraço e o meu sorriso :)
mariam

Carminda Pinho disse...

Vamos sonhar?:)))
Um bom 2009!
Paz, amor, alegria e saúde.

Beijinhos

Osvaldo disse...

Olá Mdsol;
Eu diria que é antes um vazio cheio de muita coisa, porque o poema tem muito que se lhe diga, não é?!...
Os melhores votos de um maravilhoso Ano de 2009 para ti e todos os teus.
bjs

cristal disse...

De Mindelo (Cabo Verde) desejo para ti e todos os leitores do BnB o melhor para 2009. Por aqui aguarda-se "festa rija" pelo S. Silvestre. Não há crise que afecte a alegria de viver dos Caboverdianos e isso é uma lição para nós todos. Bjs

Clarice disse...

Bom Ano 2009! (com pronúncia de Lisboa, pode ser?:))

poetaeusou . . . disse...

*
Não, não é cansaço...
É uma quantidade de desilusão
Que se me entranha na espécie de pensar.
É um domingo às avessas
Do sentimento,
Um feriado passado no abismo...
,
in-alvaro de campos,
,
um marcheio de luz, envio,
,
*

WOLKENGEDANKEN disse...

O MEU "ANTI-MANIFESTO" !!!

Ah! Ser indiferente!

Ser alheio até a si mesmo!

Ser esquecido de que se existe!


E obrigada Solzinha pelo teu comentario.Eu sinto-me enriquecida por te ter "conhecido" em 2008 e desejo em 2009 poder ler mais dos teus textos interesantes e ver mais dos quadros originais que encontras nao sei onde

um beijinho amistoso e por favor nao mudes demasiado em 2009 !!

Fernando Vasconcelos disse...

mdsol: Obrigado pelas suas visitas ao longo do ano. Pelas muitas vezes que me disse que apreciou o que leu. É tão bom saber que mesmo em pequenas coisas se contribui para alguma coisa. Felizmente neste blog encontrei também muitas vezes inspiração e descobri novos poetas.
Um grande, um excelente 2009 e "prove" a minha receita contra a crise :-)

~pi disse...

bom ano novo, maria do sol!

( ficou-me aqui na mão um comentário que não publicaste (ou não recebeste!?

mas, sobretudo, um email a que nunca respondeste,

(não que não me lembre: no fundo

falo aqui disso por precisão minha, certo, mas, sobretudo, porque aceitei essse teu direito de não resposta.

aprendi sobre-tudo, para mim, uma coisa boa e uma coisa... não tão boa :)

em todo o caso e do coração, em directo,

Bom Ano, obrigada!




~

José Manuel Dias disse...

Que o próximo ano não seja tão mau como o pintam! Feliz 2009!

virita disse...

Como é bom ver e sentir a beleza!
Obrigada.