26 dezembro, 2008

pois... a questão da paz






Dehn, A. A.
Hitler, Mussolini and Hirohito Praying for Peace
(1945)












Jona Lewie - stop the cavalry

6 comentários:

meus instantes e momentos disse...

Ano Novo, é o resto de sua vida, é o daqui a pouco, é o amanhã é o tudo que está por vir.
Pegue sua força, sua vontade,e se jogue na vida. A Felicidade te espera,olhe pra frente
vibre, lute, na consciência que nada é impossivel. Se não acontecer hoje ou amanhã, vai acontecer depois.
Viva a vida em toda sua plenitude. Que seu coração lhe guie, e sua razão lhe de o rumo, o prumo.
Pegue seu sonhos coloque debaixo do braço,levante a cabeça, e vá.......Voce pode, acredite. Sempre.
Felizes anos que ainda vem.
é o que eu desejo a voce.
Maurizio.

~pi disse...

hum... curioso,

com as mesmas palavras que

todos usam para rezar,

e um sentido deles -

- é como rezam, afinal.

amar com um olho odiar com

outro

(a in-consciência, a do-ença?

e nós-sem-nome

também rezamos

as-sim

cegos pra dentro?



~

Vanessa. disse...

Bonito mesmo!

Tinta Azul disse...

no comments...

joana vieira disse...

bom blog, gostei bastante :)

beijinho!

Anónimo disse...

"Cliquei" no Aranjuez ( que não me canso de ouvir.)

Como a autora do blogue, também gosto, e devo ter uma meia dúzia de versões do tema.

Aliás, passa-se o mesmo com as "ave-marias" ( mormente a de Schubert), como a "Serenata" do mesmo compositor; "A Lenda do Beijo" de Sotullo; "Tristesse" de Chopin; "A Canção de Solveig" da Obra "Peer Gynt" de Grieg.

São gostos, e ando indeciso quanto à que gostaria de ouvir quando a "Parca" me vier visitar.


Ao bom gosto da "Duçolzinha", com um beijo e os votos de muitas, muitas felicidades, do "Gusto"

Ne me quittes pas!