04 dezembro, 2008

contraste & marca de água







Schiele, Egon
der prophet (doppelselbstbildnis*)
(1911)









"É ao outro Borges que acontecem as coisas. Eu caminho por Buenos Aires e demoro-me, talvez já mecanicamente, a olhar o arco de um alpendre e o guarda-vento; de Borges tenho notícias pelo correio e vejo o seu nome num grupo de professores ou num dicionário biográfico...
...Não sei qual dos dois escreve esta página."

J.L. Borges, Borges e eu (tradução de Ruy Belo), 99/101


Paco de Lucia - entre dos aguas

[*der prophet (doppelselbstbildnis - o profeta (duplo auto-retrato), que ninguém é obrigado a ...]

15 comentários:

Anónimo disse...

...em sintonia, Mdsol. deves ter uma magia qualquer!!!
beijinho para ti. obrigada, sempre!
(andas com muitas visitas ultimamente!)

***

Donnola disse...

bom dia!
n vou no borges, vou espreitar schiele

nice :P

Pepita Freak disse...

I love Schiele e os outros. Isto para ser directa.

Carla disse...

...ao som de Paco de Lucia!
adorei a imagem
beijos

in_side (ate nu ar disse...

nado para unir

(( yin e yang ( ou chame-se outra coisa qualquer.

artística, a duplicidade infindável e exploratória dos artistas foi-se-me diluindo
e desinteressando, definitiva

entre

duas marcas de

água.

ainda que não deixe de apreciar alguns paradoxos, a que agora chamamos talvez... bi( tri, quadri, multi...?) polaridade ( em mim mesma, também, :)

mas fui perdendo contraste, agora quero trabalhar muito mais para reconhecer

a inteireza ate nua da e tranquila desse húmido fluir

(no con cêntrico movimento da pedra que faz ploffffffff

na redonda água,

in_side (ate nu ar disse...

acrescento, com mil avanços e recuos, apesar de todos os pesares - limites pessoais,,,

WOLKENGEDANKEN disse...

Schiele, Borges e Paco de Lucia.....muito interessante.... Eu nao compreendo porque a grande maioria das pessoas tanto na época deles como actualmente preferem Klimt a Schiele. Schiele é tanto mais forte e autentico.... E Borges tambem nao tem a fama que mereceria

meus instantes e momentos disse...

Oi minha linda.
Um feliz fim de tarde pra ti.Sempre
beijos
Maurizio

Anastácio Soberbo disse...

Olá mdsol
Obrigado pelo seu comentário.
Tem um blogue muito bom, desconhecia.
Prometo cá voltar com mais calma para ter o prazer de o saborear.
Mais uma "nortenha" com gosto.
Um abraço para a amiga.

cristal disse...

Mais uma bela associação... Pena eu andar tão ocupada que ando a ver tudo à pressa... uff!

intimidades disse...

pois esta , que me dera ter a forma dela

o teu texto e imagem fizeram-me lembrar o livro que acabei de ler "os detectives selvagens de roberto bolano"

Jokas
Paula

Duarte disse...

Excelente selecção!

Um escritor que me encanta, "una de las plumas más prestigiosas de siempre".

Um grande guitarrista, "para mi uno de los mayores maestros de la guitarra, principalmente en la música española".

A obra pictórica um acerto...

:)))

Um grande abraço

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Este post trouxe-me recordações de Buenos aires e dos percursos de Borges que faço a pé sempre que lá vou. Ai que saudades!

Véu de Maya disse...

A sonoridade do Paco de Lucia...fico nela e no escritor belo e profundo...

véu de maya

heretico disse...

a tua "marca de água". indelével