25 dezembro, 2008

dezembro





Heron, Patrick
december IV, 1972
(1972)





SONHOS CONCRETOS DE NATAL AQUI

7 comentários:

virita disse...

Que linda árvore de natal! Um bocadinho desconjuntada,própria destes tempos! Os ramos bem tentam chegar aos corações, as bolas estão um pouco estilhaçadas...mas os abraços estão tão abertos que até a mim chegaram! Obrigada

~pi disse...

parto de luz,

pa r tu > ~

observatory disse...

:))))


ps: agora vem a outra festa:)

a das festas:)))) e bailaricos.

Tinta Azul disse...

:)

Mr. Lynch disse...

Mdsol;
A obra que hoje compartilhas connosco não é nada fácil de descodificar... As cores frias, quase ao acaso, a junção de cores extramente quentes... Não existe um jogo cores primárias/secundárias que, por norma, é tão evidente nestas obras... Ufffaaa... A estudar!
Como sei que és uma amante de arte, gostaria de um dia realizarmos uma "tertúlia cibernética" sobre a arte nacional. O que pensas?
;)*

sombra e luz disse...

Sonhos concretos? são os melhores!...;)

Um bom natal para si mdsol, e que mesmo sem presépio, a sombra da grande Arvore nos ilumine o coração de meninos, e como ela, ele para sempre também refloresça...

Donnola disse...

um q de matisse...