07 agosto, 2008

HELP!

Há qualquer coisa de muito estranho nesta transmissão em directo da situação dramática vivida no assalto ao banco, com os reféns!
E estes comentadores do impossível! E estes comentários "impossíveis"! Um assaltante tem luvas brancas? E serão de pele ou de pelica? Um assaltante tem calças de ganga e ténis? De que marca serão? O refém tem uma arma apontada...momento de grande tensão! A polícia acompanha as movimentações com grande tranquilidade!
Questiono-me se o voyerismo não terá aqui, pelo menos, um parente da província!
Não quero confundir o mensageiro com a mensagem, mas podiam tornar isto menos deprimente!
Balhamedeus! Sinto-me agoniada!

Epílogo ver aqui no PÚBLICO actualizar aqui e aqui

4 comentários:

José Manuel Dias disse...

Partilho da tua leitura.

O natural de Barrô disse...

O Moita Flores não costuma trabalhar a esta hora da noite. E os outros criminologistas estão todos a banhos no Algarve.
As calças de ganga foram compradas na feira.

Graça Pimentel disse...

É o jornalismo que temos. Mas reconheço-lhes a capacidade de falarem horas e horas de coisa nenhuma, de dizerem a mesma coisa dezenas de vezes...
Ficámos a saber quase tudo sobre os assaltantes. Agora estamos sem saber se os sequestrados querem ou não apoio psicológico.
Não sei se conseguirei dormir sem saber o que ainda não me disseram.
Pelo menos vou para a cama tranquila por saber que os inocentes estão a salvo. Não imagino o que seja ter uma pistolita apontada à cabeça... possivelmente também teria um ataque de pânico como a outra...

Beijinho

um Ar de disse...

Também achei muito esquisito... para não dizer deprimente.
.
Francamente, embora o destino daquelas pessoas me não fosse indiferente, confesso que adormeci no sofá [o que me está desaconselhado pelo osteopata, ainda por cima].
.
É como diz a Graça...
.
Que coisa sem jeito!