12 agosto, 2008

diz que foi uma espécie de pequeníssimo intervalo






Bogart, B.
promenade
(2007)









Gilbert Becaud, et maintenant

{estou com alguns problemas de rede. só por isso não vos vou visitar .}

10 comentários:

mundo azul disse...

Essa música me lembrou um tempo distante...Época de colégio, quando o professor de francês, trouxe essa música para aprendermos...


Beijos de luz e o meu carinho!!!

JPD disse...

Belíssima canção e admirável ilustração.
Bj

Multiolhares disse...

mas vimos nós ter contigo
beijinhos

Marta disse...

Gostei da ilustração e da companhia da música :)

Mar Arável disse...

Faltam os amanhãs

Fico à espera

poetaeusou . . . disse...

*
mdsol
,
e agora . . .
passeio . . .
,
conchinhas de gilbert-bogart
,
*

Dois Rios disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Dois Rios disse...

Ai, como eu gostava dessa música!

O engraçado é que eu não entendia uma palavra sequer que o G.B cantava e mesmo assim parava tudo que estava fazendo para ouvi-lo cantar.

As cores do Bogart tiraram um pouco do cinza da minha alma de hoje.

Beijos do lado de cá de todos os rios, minha querida Mdsol,

Justine disse...

Pequeníssimo mas muito belo, o intervalo. E agora?

mariam disse...

um intervalo mínimo... gostei deste bocadinho. :)