21 outubro, 2010

utilidades privadas







Kaufman, Amy
daisies





Ontem jantei com um grupo de amigos, entre os quais três Margaridas.
Quanto maior for a crise mais necessárias serão as redes solidárias e o interesse por coisas bonitas. Digo eu ...

7 comentários:

intimidades disse...

nao ha melhor que um grupo de amigos, com que nos sentimos be

Beijos
Paula

João Menéres disse...

E eu, num jantar familiar (mas não só), no
OPORTO RESTAURANTE tive TRÊS CRISTINAS!
O tinto foi o DUORUM...

Um beijo, MARTA.

jrd disse...

Que bom!
Podiam ser as três Marias.
:)

Rogério Pereira disse...

Sempre julguei que fossem cravos.
Cravos vermelhos!
Agora vem de lá do jantar
e diz que são Margaridas!
Bom... Se é com Margaridas que lá vamos... Seja!

mdsol disse...

Rogério
E quem lhe garante que as Margaridas não tinham cravos vermelhos ao peito?

:))))

R. disse...

Absolutamente de acordo! Adoro margaridas. Guardarei estas com especial delicadeza, que é coisa que felizmente por aqui não falta :)

bettips disse...

SIM!
Por todos os laços possíveis, tecer.