29 outubro, 2010

temos trato e, assim, passadio por mais uns tempos






Baechler, Donald
orange rose
(2010)







Jogo total: parecem em estado de vertigem tal o simulacro exibido para lutar pela sorte na competição contínua. Tiveram de descer à realidade, à vida corrente e acabar o jogo.

[Adenda já no dia 30, Sábado. Parece que anularam o momento simbólico que assinalaria o fim do jogo. A ser assim, ao recusarem o momento símbólico institucional, colocar-se-iam, claramente no terreno da marginalidade institucional. E eu que falava ironicamente de jogo! Afinal, tudo é mais da ordem de um segundo nível de "realidade" em que o que está em causa não tem nada a ver como nosso dia a dia, com a vida real do país, mas com as pulsões lúdicas agónicas dos que simulam publicamente, de forma vertiginosa]

6 comentários:

Daniel Santos disse...

fico-me por um sentido :

"Tenha um bom fim-de-semana".

Francisco Clamote disse...

Cansadita? Não parece. Bom regresso.

jrd disse...

Os jogos ao Sábado é que estão a dar, quer dizer, a tirar...
;)

ariel disse...

Este circo já estava a meter nojo aos cães. Agora que caímos todos "na real" é que vai começar o calvário.

Beijinho

Rogério Pereira disse...

Nos pesadelos
não se desce à realidade,
à vida corrente
pois tudo não passa de um sonho
mau e prolongado
e os jogos só terminam ao acordar...

ACORDAI

Vieira Calado disse...

Olá, boa noite!

Passei para ler as novidades

e desejar bom fim de semana.

Saudações poéticas