30 outubro, 2010

prodígio das rosas







Kinard, Kristy
rose tea






E agora rosas, meninas e meninos, porque quem lê desabafos merece. E, seguramente, há tanta, ou mais, metafísica numa rosa ... :))))


Gilbert Bécaud, l' important c' est la rose

8 comentários:

Justine disse...

Li o desabafo, que está sentido e certo. Só que a pergunta final tem tantas repostas...
Enfim, fico com a metafísica da rosa:))
E bom fim de semana...

Rogério Pereira disse...

A metafisica da rosa
está na pétala?
está no espinho?
na flor completa?
diga-me lá
eu não sou advinho...

mdsol disse...

Oh Rogério, ai ai ai ai ai!
Então essa visão holística está de fim-de-semana alargado?

Eh eh eh
:)))

ariel disse...

"São rosas meu senhor". A crise segue dentro de momentos. Aos abrigos!

Beijinho.

:)))

O Puma disse...

Na verdade têm sido muito usadas

nas lapelas
Demasiado.

jrd disse...

Mas o que é preciso é a "dialética" dos pães...

jrd disse...

O teclado dá-me cabo da ortografia.
Leia-se: "dialéctica" para não parecer cavaquês...
;)

heretico disse...

"rosas. e lirios tambem..."

beijos