25 julho, 2010

há domingos assim (11)





Fox, Aaron Sing
summer day









Donovan, summer day reflection song


há domingos assim:

quentes,
quedos,
verdes, azuis, amarelos
e belos
por vontade
de não contar a saudade.


Um bom dia do senhor para todos. E estes improvisos são isso mesmo, mainada. :)))


Take 2:

há domingos assim:

quentes,
quedos,
dourados, azuis e verdes
também belos
se a vontade
não convocar a saudade.

Pensando bem até podemos fazer uma votação: qual é o menos mau?

8 comentários:

jrd disse...

Verdes azuis e amarelos?!
Com que então está no Brasil!...
;)

mdsol disse...

Balhamedeus JRD. Daqui parece-me que tem telepatia cibernética. Pois se me lembrei disso mesmo: as palavras a saírem e eu a ver a dita cuja bandeira... a:)))

Como as cerejas (que dizem ser como as palavras, ou vice-versa) saem de "repentemente", agarradas umas às outras a partir da primeira, sem que eu controle o processo, só por fracções de segundo admiti trocar o amarelo por ... laranja? No way. Agora, ao responder, reparo que poderia ter escrito dourado.
:))))

Maria disse...

Hummm, difícil escolher...
Prefiro não convocar a saudade. Ela acaba sempre por vir...

Bom domingo, mdsol.

Kássia Kiss disse...

São os dois lindos. Embora seja difícil decidir, talvez ache melhor o primeiro.
E o quadro, soberbo, como sempre!

heretico disse...

pena não teres escrito "dourado"! -estaria a condizer...

muito bem!

beijos

Daniel Santos disse...

estão as duas bem, mas eu preferia uns tons vermelhos na poesia.

Já agora, uma boa semana para si.

João Menéres disse...

Tudo aqui vale muito!
Adorei o MAINADA !


Beijinhos.

monica disse...

gostei de "se a vontade não convocar a saudade" és tu a poeta?