17 julho, 2009

reencontros

e agora vou ali jantar com umas raparigas deste tempo, que reencontrei há 3 anos, 37 anos depois de cada uma ter ido para seu lado, num reencontro às cegas, que eu provoquei a partir de um endereço de e-mail, pois claro com aquele nome só podia ser uma colega do colégio,
olá, sou fulana de tal, acho que fomos colegas em tal sítio, se não for o caso peço desculpa, p.s. éramos duas com o mesmo nome, eu era a mais pequenina,
ah que bom, sou sim, não sei porquê julgava-te em Lisboa, temos de nos encontrar, costumo estar com a... , a... e a a.... que moram (aqui perto), e com a.... que mora em Lisboa,
eu não, não tenho contacto com ninguém desse tempo, mas que curioso, afinal moramos perto umas das outras, claro temos de nos encontrar,
não houve pressa e como um dia a de Lisboa veio ao Porto acompanhar o marido que vinha a uma reunião importante, num Sábado encontramo-nos para almoçar, já que ela vinha... tudo bem por mim,
e aí vou eu procurar o endereço da casa da minha contactada, onde se costumavam encontrar todas e toquei à porta e comecei a ouvir uns risinhos e subi e desatamos a conversar, fomos almoçar a conversar, almoçamos a conversar, continuamos a conversar, voltamos para casa da minha contactada sempre a conversar, lá pelas 7 horas da tarde a "lisboeta" ligou para o marido: olha vai indo que eu lá hei-de ir ter, e ficou cá e só foi de comboio no dia seguinte, e as que não estavam em casa também fizeram os telefonemas necessários a dizer que o encontro ainda estava em Oremus e que quem tivesse fome que tratasse do jantar e sempre a conversar só sei dizer que cheguei a casa já passava das duas da manhã,
e tu eras a mais pequenina* e a carinha é mesma,
ahahahahaha
e um encontro que podia ter corrido mal, ou não ter corrido, correu tão bem que, desde aí gostamos de estar umas com as outras, embora o façamos muito raramente...

* mais pequenina e mais novinha (ao tempo um ano fazia mesmo diferença)
[p.s. quando me fizeram a "maldade" de publicar esta fotografia e ainda perguntaram qual seria eu, ninguém palpitou acertadamente, o que também não interessa nada]

16 comentários:

Francisco Clamote disse...

Recordar é viver. Viva pois!

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Como já contei no Rochedo, ano passado também tive um reencontro com uma amiga que não via há 30 anos. Aconteceu exactamente o mesmo.Como se a conversa tivesse apenas ficado suspensa desde a véspera, conversámos durante horas.
São bons os reencontros. com os outros e também com nós próprios.
Bom jantar, minha cara amiga. como dizia há tempos uma amiga vietnamita, os verdadeiros amigos são aqueles que fizemos no banco da escola ou na adolescência. é com esses que podemos contar.

intimidades disse...

e tao bom reencontrar, encontrar, decobrir amizades...

hmm es a que tem a bola na mao?


Jokas
Paula

Duarte disse...

Que bonito!!! Como gosto destes reencontros!
É bom que estas situações aconteçam, prova evidente de que um passado marcado pelo bom companheirismo perdura no tempo...
Agora estás muito mais bonita. Certos rasgos mantêm-se, como esse sorriso perpétuo.

Beijinhos de boa amizade... e um sorriso

anamar disse...

Tanta felicidade...
E eu que te imgino pequenina, acertei... ou acabaste por crescer...:))))????
Só alguém maneirinho pode ser assim... so sweet...
As amigas, são "oiro"!!!
Bfs
Beijinhos

jrd disse...

Selecção de Volei! Quem ganhou?

Carminda Pinho disse...

Estes reencontros fazem falta para melhor saborear a vida.
Que o jantar tenha sido bom e que as gargalhadas tenham sido muitas.:)))

Beijos, Mdsol.

Carminda Pinho disse...

Ah! És a menina da ponta direita que tem a bola na mão, ou a que está ao lado?
Eheheheh....

mdsol disse...

Carminda: minha linda, FRIAAAAAA e falamos falamso falamos

jrd
Ganharam as belgas... Ficamos em segundo

anamar
Oh eheh ainda cresci. Dizem elas ...

Duarte
a fotografia tem má qualidade rsrsr

Carlos B. de Oliveira

É isso. A conversa recomeça como se não tivesse sido interrompida. O que, neste caso foi estranho. Separamo-nos crianças (eu tinha 15 anos) e reencontramo-nos já... digamos,cresciditas (eu tinha 52)

Intimidades
Friaaaaa

Francisco Clamote
E falamos sobretudo do presente e do que ainda não chegu.

:)))

Arabica disse...

Bons encontros, esses.
Tenho um desses, para cumprir.
Com alegria :)

João Menéres disse...

Eu ia pela dos óculos...por causa da LUA...

mdsol disse...

Arábica
Então qu eseja bom quando o cumprires
:))

João Menéres
Frioooooo
:))

um Ar de disse...

Nunca mais acertam!!!
:)
.
[Beijo...@]

heretico disse...

a "dona da bola", pois claro! rsss

bela equipa.

mdsol disse...

herético
geladoooo

Donnola disse...

ahhh adorei a história!!!tem piada q desde o ano passado tenho reencontrado amigas de há bué bué de anos :DDDD

a loira dos sabados de manhã és tu?

eheheheheheheh