02 julho, 2009

gesto de pinho carunchoso






Motherwell, R.
gesture painting, 10
(1975)



M. Pinho out. Fica um nó na garganta. Este relativismo que grassa por aí. Parece que vale tudo. Não vale, não pode valer. Os lugares também não são todos iguais. Com gestos destes e destes e outros que agora não vou desenterrar, ficamos todos mais pequenos. Ainda bem que lhe apontaram logo a porta.

9 comentários:

intimidades disse...

cada vez mais fico preocupada,e cada vez mais sinto que nada se faz, simplesmente pq ja ninguem acredita

jokas

Paula

lino disse...

:))

intimidades disse...

hahahaha

always easy :P

Bjokas Gordas

Francisco Clamote disse...

Toda a razão MDSOL.

Anónimo disse...

Quando julgamos que a coisa já bateu no fundo... vem sempre algo pior.
Só podemos rir.
Nada mais parece valer a pena, porque não adianta nada.
.
Ky

Duarte disse...

Ante tudo a dignidade! Há quem não sabe o que isso é.

Um abraço

Anónimo disse...

O gesto foi irreflectido,mas foi bem aplicado. O ministro tudo tem feito para tentar manter postos de trabalho e o PCP nada tem feito para isso.Não é fácil tanto trabalhar e ser tão achicalhado!

O ministro desdobrou-se em viagens por causa da Autoeuropa, da Quimonda, das Minas de Aljustrel; e,anda cansado.Infelizmente, andamos todos!

De permeio, nadou com o Michael Phelps para cativar o investimento estrangeiro.Infelizmente, passado pouco tempo, o atleta exemplar fumou umas "ganzas"!
Já tinha contratado o Michael Jackson, e este resolveu morrer, aparentemente por causa das "ganzas"!

No "estado da nação" foi provocado por Bernardino Soares e saltou-lhe a tampa!!!
Até eu, que sou muito calmo, quando, ouço ou vejo o Bernardino fico irritado.E não é nada comigo.

anamar disse...

Palavras para quê, mdsol...
As tuas já estão óptimas...
Beijinho
P.S: são só penas....

Carminda Pinho disse...

Manuel Pinho era o último dos ministros de quem eu esperava um gesto destes. Mas no melhor pano cai a nódoa. Esta já foi "limpa", mas isto anda tudo muito "sujo"....
:(

Beijos