24 julho, 2009

ditos (18)



Pasmore, V.
for an ecology of the mind
(1994)



"In science as in love a concentration on technique is quite likely to lead to impotence" Berger (1976)

11 comentários:

Vieira Calado disse...

Diz quem sabe...

Bom fim de semana.

jrd disse...

Por vezes a técnica resulta num embuste. Demasiadas vezes...

Clarice disse...

É delicioso ver uma criança a pintar numa folha de papel... eu tenho (no meu trabalho) o privilégio de ver isso acontecer todos os dias... a 115 crianças!

Pena é, que depois dos 6 anos fiquem cada vez mais privados dessas experiências... é que a escola tem Mais lugar para outros "saberes"... os saberes que vêm da alma são tantas vezes deixados de lado...

susana disse...

Credo... E eu que me considero tão tecnicista, tão presa aos detalhes... Tenho que repensar a minha actuação!
;)

vbm disse...

...

Nem tanto ao mar
nem tanto à terra

:)

poetaeusou . . . disse...

*
ecologicamente,
sigo,
para alem de mim . . .
,
verdes conchinhas,
,
*

mundo azul disse...

_________________________________


...deixando o meu abraço e o meu sorriso!


__________________________________

Duarte disse...

Como pessoa afim à técnica e, obviamente, á sua evolução, apoio tudo aquilo que seja progresso, sem que danifique o meio.

Aquele abraço

Mar Arável disse...

Conheço técnicos

felizes

como pessoas

intimidades disse...

olha descobri o meu problema

Jokas
Paula

WOLKENGEDANKEN disse...

Claro, quem corta a relacao com o subconsciente e a fonte da criatividade nao pode chegar a nada verdadeiramente bem feito