16 março, 2010

parece uma prece por causa do calvário da cláusula [título muito cacofónico "derivado" ao assunto... e com as minhas desculpas ao António Calvário que até está muito bem conservado para a idade]

 .
[Atrevo-me a sugerir o seguinte: botem o vídeo que está aí em baixo a funcionar e, entretanto, acompanhem a audição com a proposta de letra que se segue... hummmm quem é amiga, quem é?]

Senhora,
A teus pés eu confesso:
- senhora,
A cláusul' aprovei!
Senhora,
Se perdão aqui peço,
Não mereço!
Senhora,
Porque me demorei
E pequei!
Perdão,
No entanto eu te imploro!
Senhora,
Tu vê a minha intenção!
Eu sei que acabei c’o decoro
E eu choro
Senhora,
Com tamanha emoção!
Senhora,
Eu confesso o perjúrio de tantas campanhas!
Senhora,
Eu errei mas em Mafra
Dei-lhes uma lição!
Senhora!
Eu te lembro, senhora, as batalhas já ganhas
P’la nossa fixação!
Senhora,
A rolhita é catita, é linda a solução!
Amor
Tanto amor p’ la caluda jamais encontrara!
[Era tarde!
E o ratinho p’lo estômago passeava em redor!]
Senhora,
Este amor é mais duro que a jóia mais rara,
Que o mais puro ardor!
Senhora
O amor pela censura,
Não faria melhor!

 
António Calvário, oração (festival da eurovisão, 1964)

And now, a letra original:
.
Senhor,
A teus pés eu confesso:
- senhor,
Meu amor maltratei!
Senhor,
Se perdão aqui peço,
Não mereço!
Senhor,
Meu amor a desprezei
E pequei!
Perdão,
No entanto eu te imploro!
Senhor,
Tu, que és a redenção!
Eu sei que a perdi e que a adoro
E eu choro
Senhor,
Ao rogar seu perdão!
Senhor,
Eu confesso o perjúrio de tantas promessas!
Senhor,
Eu errei mas na vida
Encontrei a lição!
Senhor!
Eu t´ imploro, senhor, ó meu deus:
Não t´ esqueças da minha oração!
Senhor,
Ó bondade infinita, dai-me o seu perdão!
Amor
Por amor eu na vida jamais encontrara!
É tarde!
Caminho pela vida perdido na dor!
Senhor,
Este amor é mais puro que a jóia mais rara,
Que o mais puro amor!
Senhor
Se o amor é castigo,
Perdão meu senhor!

E, agora, só um nadinha a sério. Não sei o que é mais preocupante. Se:
  1. O conteúdo do que aprovaram.
  2. O modo como aprovaram o que aprovaram.
  3. As desculpas esfarrapadas que agora dão para não terem rejeitado o que aprovaram. 
Se isto se confirmar, acho uma parvoíce.

12 comentários:

Maria disse...

Divertido o teu post. Se não fosse triste dava para rir...
Pelo sim, pelo não, vou começar a guardar rolhas...

:)))))

Um beijo.

Rogério Pereira disse...

Cara MdSol, considero o seu espaço quase tão importante como o de S. Bento. Se dá importância ao tema, ainda posso aceitar. Que o PS o coloque na AR...balhanosdeus

ariel disse...

Isto é mesmo prá malta reinar com a coisa. O Aguiar Branco ainda tem o a desplante de dizer que vai pedir a verificação a constitucionalidade da aberração.
Entretanto também verifico que haverá em Abril, parece, novo congresso. É de ir às lágrimas, esta gente faz congressos como quem vai ali buscar um raminho de salsa... ai pró que nós estamos guardados, minha amiga.

intimidades disse...

ha uma cois que ao entendo nisso tudo, se sao contra porque o voto a favor? tavam todos a dormir ou a ver simpsons?


Ainda bem que estou longe e com calor heheh

Beijos
Paula

lino disse...

O circo anda pelas ruas.
Beijinho

António P. disse...

LOL.
E talvez o António Calvário aceita cantar a sua letra no próximo festival.

JPD disse...

Perfeito!

Há gente capaz de readaptar o que for preciso.

Saudações

Francisco Clamote disse...

Parabéns pela nova versão!

jrd disse...

Oremos. ;)

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Infelizmente, confirmou-se. Não havia necessidade, Balhamedeus!
Quanto à nova versão, bery naice indide...

Mónica disse...

n li nada do post, esta música imitada pela contra-informação e re-imitada pelo meu filho qdo tinha3 anos só me dá vontade de rir

Arcebispo disse...

uma delícia :)
dupla, pois não sabia que partilhávamos este gosto pela subversão "letral".