29 outubro, 2008

uma ilha no dia a dia (e uma "boquita")





Webster, E. Ambrose
volcanic cliffs, Azores
(1913)





seja de férias ou em trabalho, fazer uma pausa na rotina sabe bem.
eu gosto de ir, de partir ...
e a ilha é verde e tem lagoas.


Zeca Medeiros, cantiga da terra

___________________________________________________________________
___________________________________________________________________

eu já não tenho "pachorra" ... confio plenamente no discernimento de quem aqui espreita...
é o "eduqês" no seu melhor... pelo menos que se expliquem...
aqui a lista dos elementos do CNE (conselho nacional de educação) que dá à luz uns pareceres tão adequados à realidade portuguesa que mais parecem um conjunto de marcianos! eu já nem de raiva fico verde!

20 comentários:

Osvaldo disse...

Olá Mdsol;
E os Açores são o paraíso perdido da Atlântida...
Se Deus criou o Mundo, que Ser Superior a Deus teria criado os Açores ?!...
bjs

intimidades disse...

horas e horas a olhar para o mar foi lindo

Jokas "educadas"

Paula

Duarte disse...

O mar, feliz visão...
Chove, lá fora chove... detrás dos vidros a contemplação.

:)))

Beijos

Graça Pimentel disse...

mdsol
Desculpa a minha pergunta. Foram estes 68 seres, supostamente pensantes, que propuseram que até ao 9º ano ninguém "chumbasse"?
Esta proposta merecia uma equipa de, no mínimo, mentecaptos...

Beijinhos

Mar Arável disse...

Toda as ilhas são boas

para chegar

e logo partir

Pulsante disse...

Mas eles são os mesmos
Eles são sempre os mesmos
São os mesmos de sempre
Sempre são eles, os mesmos!
Trocam-se, rodam-se, giram-se e às vezes até se f...... .
I have a dream....
Um sonho de um imenso Limoeiro para os meter a todos e todas e uma Sophoi a vergastá-los de manhã á noite.

cristal disse...

Pois muito feliz pausa e um mais feliz regresso. Sempre achei que as Comissões são a melhor maneira de fazer e dizer disparates sem ter que responder por eles. Nisso somos mesmo bons, não é? E do que gosto mais é dos "cooptados"...

Violeta disse...

Enfim com internet.
Açores é lindo. Vale apena visitar vale mesmo!

Carminda Pinho disse...

Não me digas que vais fugir...:)))
Pronto! Tá bem, vais só fazer "uma boquita", não é?
Se fôr isso, fazes tu muito bem, se não fôr, podes bem imaginar que vais, e tudo...e tudo...

Olha minha linda Sol, eu descernimento, até achava que tinha, mas eles são tantos, mas tantos...que não consegui contar quantos é que o governo, e mais o PS, e mais o raio que os parta a todos, disignou para uma "missão" tão profícua.
Mas olha que estava lá ma criatura que deve ter trabalhado muito, ou vai trabalhar...é o Prof. Dr. "Aguarda Designação" (que nome bonito, não achas? Lol

Beijinhos, que o comentário vai longo...:)))

Anónimo disse...

As ilhas mais bonitas não são ilhas. São penínsulas.
Porque há um fio a interromper o mar á volta, que dá para os territórios de outros seres, e que nos liga ao riso, ao amor e á vida.
As ilhas, mesmo ilhas, e mesmo lindas quando as visitamos, dificilmente fogem a um destino de tristeza.

Ky

jorge c. disse...

Hei, o grande Zeca Medeiros! O Tom Waits açoriano, como dizem os galegos.

Carla disse...

adoro ilhas...com os Açores em primeiro lugar...pena é que esses senhores do CNE não aproveitem para fazer uma pausa na estupidez!
beijos

um Ar de disse...

Dos Açores, nem escrevo nada.
Só visto... e com muito tempo livre, o que não será o teu caso...
.
Quanto à longa lista de "ilustres" e "menos ilustres"... como é que irão entender-se?
Nunca estarão todos juntos, certamente!
Que bela lista de "tachos"!...
[Beijo... nessas ilhas lindas!...]

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Adoro perder-me durante horas a olhar o mar. Traz-me calma e pensamentos positivos.

Anónimo disse...

Que dificuldade na escolha... Prefiro ficar calado.

:))))))))) José-Carlos

poetaeusou . . . disse...

*
gostei muito da boquita . . .
,
conchinhas, deixo,
,
*

WOLKENGEDANKEN disse...

Ah,querida agora compreendo. Pois eu de tanto ouvir falar dos Acores ultimamente penso que o proximo mes de Agosto vai ver-me ali :))

Os concelhos nacionais de qualquer coisa tem muitas vezes um ar de marcianos ou até de criaturas de outro sistema solar :))Mas falando a serio depois do que vi e ouvi ultimamente as escolas portuguesas tem verdadeiramente serios problemas e as solucoes pensadas como tu dizes parecem ser solucoes que apenas poderiam ter algum efecto se os verdadeiros problemas já estivessem solucionados.
Reduzir os problemas de uma sociedade aos "defectos" da escola e dos professores nao pode levar a nada constructivo !!

Véu de Maya disse...

tão linda esta cantiga da terra!
Roteiros da Eucacação? O abismo espreita!...Que regresse o vrdadeiro nome das coisas....Boa tarde Maria do Sol

LuCe disse...

Ainda estás por São Miguel? Oh, se aceitares, convido-te para um café :)Podes enviar-me um mail

Tinta Azul disse...

Que te faça bem.
Precisas.
beijos