19 outubro, 2008

investimentos a longo prazo

Estou apreensiva! Afinal, investir em educação e formação tem efeitos imprevisíveis e, em dados momentos, assaz inúteis! Veja-se o caso da Islândia: basta uns meninos engraçados começarem a jogar o jogo da cadeira usando banquinhas e o jogo do anel usando bolsinhas, e não se evita a bancarrota do país. Levada pela leveza da argumentação, estava tentada a dizer que até será mais útil um povo meio arruaceiro e boçal para, nestas alturas, não haver pruridos de assentar uns tabefes em quem anda a mangar com o pessoal! Querem lá ver que Portugal anda no bom caminho e nós não sabemos de nada???????

Deolinda, movimento prepétuo associativo
(aproveito para vos apresentar esta nova proposta de Hino Nacional, que substuirá A Portuguesa)

14 comentários:

WOLKENGEDANKEN disse...

Pois tens perfeita razao, nao ha nada tao bom como um povo ignorante ;))Citacao de Stalin, Hitler, Salazar, Franco, Ceacescu,Mussolini, Pinochet, Idi Amin ..... Sei la, provavelmente todos eles concordam nesto
Gosto inmenso das velhinhas do computador !! assim estaremos nos, com alguma sorte um pouco mais elegantes :))

Obrigada pela visita e o beijinho.Ahi va outro para ti com a minha simpatia :)) Estou quase na mesma situacao como tu, ando muito ocupada porque estou de ferias :)) Traz o computador conmigo e o hotel tem una conecao wireless, mas claro nao passo muito tempo conectada.

cristal disse...

Valha-nos a ironia!!! Espero que muitos assinem a petição. Gostava mesmo de a ver discutida na AR...

salvoconduto disse...

Em Portugal o governo também teve que disponibilizar 20.000 milhões de euros e pô-los à disposição dos banqueiros...

Mdsol a "curva na estrada" é por causa dos blogs que só permitem comentários a quem tenha uma conta no blogspot.com, como a minha é do sapo por vezes fico impedido de comentar, daí ter criado essa conta.

Não é o caso da madsol, felizmente, se não lá teria eu que fazer a mesma curva.

Duarte disse...

Ternura, na imagem...

Palavras sábias

Beijos

intimidades disse...

ao que me parece andavam todo a brincar e nos a dormir

Jokas

Paula

Aqueduto Livre disse...

A acreditar em a Terceira Noite de RB parece que a blogoesfera de "referência" entrou em crise!...

Mas, a minha caríssima amiga continua, cada vez mais, arguta, de fino de trato e consabida sabedoria.

Este seu poste, acompanhado à guitarra e á viola pelos "DEOLINDA" (mais um projecto suburbano...a cartear no universo musical)é, simplesmente, um MIMO!

P'rá frente!

Abraço,

Zé Albergaria

Anónimo disse...

Uma lufada de bom humor a mostrar o contraste entre uma Deolinda, que hesita entre ir e não ir, e o famoso Magalhães que, depois de ter circum-navegado tudo o que havia, resolveu fundear, sem hesitações, em baías improváveis.

A sugestão para hino nacional é um must. Entre os eternos "nem sim, nem não, antes pelo contrário", este "lugar" vai, cada dia mais, chegando a estado de "sítio".
E já nem há Magalhães que o salvem.

bjs, Katie.

Véu de Maya disse...

Risos, piadas e finas ironias...para ver se saímos destas monótonas letargias ?

está bem divertido...venha festa para o povo...pois assim não dá, Maria do Sol.

abraços

Juani lopes disse...

en españa tambien tenemos himno nuevo
http://es.youtube.com/watch?v=mWQlXTDPh0c
ya me diras si te gusta
saluditos

Justine disse...

Deliciosa a imagem das velhotas e o teu texto(mas ironia à parte, não me parece que o nosso portugalito esteja no bom caminho...)). Deliciosa esta "Deolinda" e roposta aceite:))
Que saudades!

Carminda Pinho disse...

Oh pah! - ignorantes é o que este povo é. Cambada...
(isto são eles a falar, lá nas reuniões e pensam que nós não os ouvimos. Parvalhões)Lol

Beijos

manhã disse...

a fotografia é uma delícia, espero que o governo não ande a distribuir computadores na aldeia para depois fazer propaganda!

poetaeusou . . . disse...

*
vamos, vamos,
para o suicidio colectivo,
,
conchinhas,
,
*

heretico disse...

tenho pena não ter podido conhecer a nova versão do Hino Nacional. o texto promete(ia).

beijo