14 janeiro, 2008

pragmatismo ... mainada! (sabedoria pop)



eu cortei o pinheirinho
eu cortei-o está cortado
eu deixei o meu amor
eu deixei-o está deixado!

(quadra popular)





imagem em: handcraftebyguapa.blogspot.com

7 comentários:

Um Ar De... disse...

Ora toma!...

A ver o que dizem agora destas palavras, sábias, também!

Pragmático, sem dúvida.
Definitivo, ponto final!

Também gosto de um pragmatismo, assim.

Bj

Anónimo disse...

Ai Minha Nossa Senhora do Rosário de Fátima(diz lá diz,q ñ sei rezar)é mais fácil cortar o pinheirinho ou carvalhão q deixar ir o MÊAmor,,,,


Um beijo;pandorabox

Um Ar De... disse...

Caro pandorabox,

Acho que depende,

Do amor que lhe tens...
Do amor que te tem...
De amores que se despedem...
De amores que despertam...

Amores há muitos, parecem ser de uma volatilidade errante. Por vezes, lá perduram, o que também é bom.

Bem, custava-me mais cortar um pinheiro ou um carvalho (árvores, claro!...)

Uma árvore é uma árvore!

Anónimo disse...

olha que eu sou ecologista rsrsrsrsrr não se corta impunemete um pinherinho

mas vá lá...só pelo lindo lenço de namorados por esta vez passa:))

Tuchi

Mariadosol disse...

um ar de
pandorabox
tuchi

:))

Anónimo disse...

tuchi caladinha que aqui a ecologista sou eu,até porque te cuido do jardim...rsrsrr
Deixa lá a Maria cortar os pinheirinhos que lhe dão jeito..rsrsr

LeiLa

O Galaico disse...

Janela de pau de pinho,
de pau de pinho a janela,
quem me dera estarum dia,
nos braços de quem esta nela.

Pau de pinho a janela,
ou ramo de laranjeira,
hei de amar o sobrinhinho,
nem que o tio não queira.

Eu cortei o pinheirinho,
pinheirinho de Natal,
Vou te levar tuas pinhas,
Mas não o faço por mal.

Eu saltava 7 quintais
só para te poder ver
hoje salto outros mais
para te poder esquecer