30 março, 2009

género de receitas unisexo (2)





Holzhandler, D.
lovers in spring
(1979)



Se encontrares alguém que és capaz de suportar (e já é muito), e se esse alguém for também capaz de te suportar a ti (e é já quase suspeita tanta coincidência), e se em certos momentos não apenas o suportas como o quererias mais chegado ao pé de ti, e se acontecer sentires a falta dele quando se demora muito, e se ao vê-lo te voltar a alegria, então não receies submeter-te a essa desolação da proximidade que é a vida a dois: é possível que consigas aguentá-la.

Héctor Abad Faciolince, receitas de amor para mulheres tristes, ed. presença, 108


Carla Bruni, l'amour
[sem preconceito meninas e meninos, sem preconceito ... rsrsrsrs]

8 comentários:

Carminda Pinho disse...

Pois!
:)))
Boa semana!
Beijos

Osvaldo disse...

Olá Medsol;

Caramba, uuufff,... assustaste-me.
Para quem com eu e a Ana que nos "suportamos" há 37 anos (35 casados) e ainda hoje sentimos tudo isso, até porque achamos que é normal,... até porque achamos que todos deveriam sentir o mesmo, até porque achamos que... nós não somos anormais, até porque!!!!!

Parabéns pelo post e pelo tema.

bjs, Medsol
Osvaldo

Justine disse...

Sem preconceitos, claro, mas qualquer deles (o Sr. Héctor e a menina Carla)são um bocadinho, digamos, controversos...:))
Sem controvérsia nenhuma, o "Lovers in spring"!

WOLKENGEDANKEN disse...

:))) primaveral, sabio e alegre.

prafrente disse...

Mas que romãntico Maria do Sol!!!!

Boa semana

mena m. disse...

LOVE IS IN THE AIR , I guess!!!

Beijinhos

jrd disse...

Diz-se que, pior do que a solidão a solo, só mesmo a solidão a dois.

Graça Pimentel disse...

Gostei destas palavras. Sábias...

Beijinho