12 dezembro, 2010

aparentemente estou a ser mazinha e eu só quero que fiquem seguros de que não acontece só convosco




Françoise Hardy, une fille comme tant d'autres

9 comentários:

jrd disse...

Une dame comme tant d'autres.
:)

ariel disse...

Estão muitos bem "as duas", cada uma no seu tempo...

:))

O Profeta disse...

...Quem sou
Nunca me encontrei na letra de uma canção
Nunca toquei duas notas seguidas em harmonia
Mas perdi-me às vezes na ilusão

Reencontrei-me com o amor
Amargura mora sempre com a razão
Um mágico nem sempre acerta
No seu golpe de mão

Mas fiz mil tentativas nesta viola
Nenhuma nota bateu-me certa
Sou um triste e patético tocador
Desta...Melodia Incompleta...

Doce beijo

Je Vois la Vie en Vert disse...

Eu também sou uma mulher como tantas outras que têm que aceitar o envelhecimento.

Beijinhos
Verdinha

António P. disse...

66 anos sem plásticas mas com rugas , antes assim :))

Maria disse...

Um dia destes interrogava-me como estaria. Agora já sei...

:))

jose albergaria disse...

Que bonita velha, esta Françoise Hardy.
Gostei muito dela, quando jovem cantora.
Hoje, pouco sabia dela.
Agora, já posso dizer: vi e gostei do que vi.
Muito obrigado por me ter mostrado.
Eu, só tenho saudades é do futuro, que há-de vir e que eu gostava de conhecer...já.
:)))

vbm disse...

Concordo com a Ariel. A senhora do lado direito, com belos cabelos brancos, roupas e boina pretas e cascol branco tem um belo saudável aspecto; e a jovem que foi possivelmente persiste nela intelectualmente e pode ser que fisicamente também, não sabemos! :) Esta Françoise Hardy lembra-me a Françoise Sagan de que aqui há uns dois anos reli o "Aimez-vous Brahms?" que bem me deliciou :)

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Como sabe, conheci ambas. E sou fã das duas, embora tenha saudades da da esquerda. Vou enviar este post à mais velha.:))))