28 fevereiro, 2009

rosasemespinho*






Schmersal, P.
rosen
(2008)



* dividam por palavras como acharem melhor ...
rsrsrsrs :)))
__________________________________________________________

Vejam este vídeo aqui. Lição de vida, apesar de tudo...apesar de tudo!

16 comentários:

Justine disse...

Prefiro as rosas sem espinho, que também as há...
Bjinho

Osvaldo disse...

Olá Mdsol;
Prefiro dividir as rosas e guardar os espinhos para que os outros não sofram... porque no fundo o importante é "A ROSA"...
bjs
Osvaldo

heretico disse...

leio de um fôlego. e passo ao vídeo...

(no perfume das rosas. e na rudeza dos espinhos)

beijo

Sofia Loureiro dos Santos disse...

Obrigada.

Duarte disse...

Excelente composição. Bonitas...

Algumas como arranham!

Beijinhos

António Torres disse...

Não há rosas sem espinhos, como se sabe.

O admirável que mostra aquele vídeo de Kinshasa, é que mesmo em probreza de bens materiais os espíritos não têm necessariamente de ser pobres.

Maria disse...

Se eu conseguisse abrir o video talvez entendesse...
... mas posso sempre tentar dividir as rosas por palavras...
:)

intimidades disse...

qual sera o poder das rosas??

O video faz-e lembrar uma coisa que me disseram uma vez

"Nunca te impessas nada"

Jokas

PAula

intimidades disse...

hahaha o indecisa esta demais


sim muiiitto pensativa, tenho de me deixar disso

lol

Jokas

Paula

jose albergaria disse...

Caríssima,
Eu sempre tive um relação muito problemática com as rosas.

Antes mesmo do falecido Mitterand se ter apropriado dela, da flor, para icone partidário - eu já cultuava a ROSA.

Quando queria seduzir fazia-o sempre com rosas, bouquet encasulado em papel, laçado e...zás, de supetão pranteava-me com as ditas.

O meu problema com a ROSA foi a cor: sempre a embaraçar-me.

Quando toda a gente prefere as vermelhas, carnudas, ou as Baccará, ou mesmo e quiçá a amarela, eu, eu, sempre me deixei seduzir pela pétala cor de "champanhe". Aquela suavidade, que me recorda a textura da seda, mesmo da caxemira...

Perco-me por treze rosas cor de champanhe. Como dizia o outro: um reino por um bouquet de rosas...cor de champanhe.

Zé Albergaria

PS-Não há dicotomia entre rosas e espinhos...isso é uma falácia. É o mesmo que pedir uma rosa...sem pétalas!

OnlyMe disse...

Eu dividi as rosas, tive cuidado com os espinhos e escrevi tem um bom domingo ;)

Jinhos :)

Fernando Vasconcelos disse...

Bom fica já então estabelecido que o meu próximo post vai ser sobre "L´important c´est la rose" ... De resto a minha relação com as rosas ficou desde cedo marcada pelo Pequeno Príncipe :-)

Violeta disse...

a rosa só consegue ser tão bela e atractiva devido aos seus espinhos. Se assim não fosse, era uma banal flor.

Aprendiz disse...

A rosa que te dou
não foi colhida num jardim...
:DDDDD

Quanto ao vídeo: fantástico!

Beijos

Carminda Pinho disse...

Ó minha querida, aquilo já não são rosas. Viraram todos ( quase) espinhos daqueles que picam e infectam. Mas Espinho é uma cidade muito bonita.
Estiveste muito bem, como sempre.:)
Ao vídeo vou mai logo...

Beijos

vbm disse...

Já eu, mdsol,

Gosto de Espinho,
com ou sem rosas, :)

porquanto lhe devo,
as minhas primeiras
vinte quatro estâncias
de veraneio da minha vida,

com muitas saudades,
sem rosas nem espinhos!

:)