01 fevereiro, 2009

mais um desafio (parece um campeonato)

D ' O relógio de pêndulo chega-me mais uma vez o desafio ... dizer seis coisas sobre mim. Como já respondi longamente quando a Sofia Loureiro dos Santos do blog Defender o Quadrado me propôs a mesma coisa, poderia sentir-me desobrigada e não repetir. Mas, não. Vou facilitar e responder novamente:

1) Já fiquei retida num aeroporto bem complicado, e cheguei a casa dois dias mais tarde, porque o meu voo tinha sido na véspera.
2) Não uso guarda-chuva há mais de 20 anos. Desde aquela semana em que perdi os meus todos e os das minhas amigas mais chegadas.
3) No dia a dia uso um molho de chaves de fazer inveja ao S. Pedro, modo mais expedito que arranjei para não as perder várias vezes ao dia, todos os dias.
4) Só tirei a carta de condução aos 35 anos e só comecei a conduzir aos 40.
5) Tive aquela "experiência" do túnel em que entra a tal luz, uma voz e tudo, mas nunca dei importância ao caso.
6) Se não me "policiar" roo as unhas.

:))))

ADENDA
[eh, na prática não roo. digamos que era "propênsica" rsrsrs Ai que lá se me vai a "aura" rsrsrs]

21 comentários:

Justine disse...

Macacos me mordam se eu te reconheço nesse retrato!!!
Beijinho na mesma:))

mdsol disse...

ehehe. Mas é tudo verdade. Comecei o anterior retrato dizendo: Sou muitas coisas ao mesmo tempo!
beijnhos na mesminha!
:))

anamar disse...

Quaquer coisinha nos une além da música, da pintura, das palavras, e, e,....
Também sou muito despistadinha,e, a carta , essa nunca a tirei nem tentei!!!! Haja bons amigos para ir aos sitios...
Somos assim1
Boa semana, malgrè la pluie....

jrd disse...

Quando se policía veste farda ou vigia-se à paisana, para disfarçar?

mdsol disse...

jrd

Boa pergunta! Mas, em boa verdade, na prática, não roo! Digamos que era "propênsica"!!!

anamar

Para estar atenta a umas coisas... não dá para tudo é o que é!
:))

cristal disse...

Pois é minha querida... E eu que ainda não respondi ao tu desafio embora tenha prometido fazê-lo no dia seguinte! Só que não disse seguinte a que dia :) Será no dia em que me sobre tempo. E não tem sobrado nada: A & A são os preferidos «donos» do meu tempo.

mdsol disse...

cristal

No problem! O A&A são bem mais importantes!

beijinho

Anónimo disse...

paisana...uma palavra a explorar.

penso que eu vivo à paisana.

cap silvino

mdsol disse...

cap silvino

ehehehe o seu comentário fez-me rir!

volte sempre
:))

Osvaldo disse...

Olá Mdsol;
Essa história do Tunel interessou-me...
Vá-lá, conta tudo o que viste...
bjs

mdsol disse...

Osvaldo

É a cena tal como está descrita por aí. Não sendo eu dada a misticismos não a valorizei, nem nunca a explorei mesmo cientificamente. Nem sei como me lembrei disso agora!. Francamente acho que não me marcou. Interessante é que não foi por sugestão. Eu nunca tinha ouvido falar de tal coisa. Quando comecei a contar à minha méduca... e ela mostrou que sabia do que eu estava falar.... Aí sim, tive uma verdadeira revelação! De qualquer modo... a sensação é óptima! Se passar para o outro lado for assim.... é bom! Nada a temer..... rsrsrs
:)))

Duarte disse...

Quando regressava do México e já em Madrid, como tinha muito que esperar e nem sabiam donde ia estar o avião; pedi a uma das belas hospedeiras de terra, que estava mesmo enfrente dos bancos que eu usava, que me avisa-se. Adormeci. Quando acordei aquela "bella doncella" já lá não estava, e o meu avião já tinha ido com as minhas malas. Ceguei duas horas mais tarde, menos mal que a malas ainda lá estavam e os meus filhos também.

Coisas que acontecem!!!

Um grande abraço

mdsol disse...

Oh Duarte:
É aborrecido. Mas, em Madrid é uma coisa,... no aeroporto de um país "complicado" é aborrecidíssimo!!!!
:)))

Carminda Pinho disse...

Conheço uns jovens que andam aqui por casa, que em relação aos chapéus de chuva, são assim a modos como tu.

Roer as unhas? oh! balhamedeus!!!
:)))

Beijos

mdsol disse...

Carminda

Já vi que a última coisa arruinou com a minha reputação. Mas respondo como ao jrd: em boa verdade, na prática, não roo! Digamos que era "propênsica"!!!
:)))

WOLKENGEDANKEN disse...

Eu tambem queria saber algo sobre o tunel.Que fascinante! Sempre pensei que isso era uma ilusao colectiva dos esotericos ....

mdsol disse...

Wolkengedanken:
Chega o que respondi ao Osvaldo? Também não tenho muito mais para dizer. O que se passou é tal e qual o que outras pessoas descrevem. Eu não tive a sensação de ter saído do corpo. Isso não tive! O resto é igualzinho... E é bommmmmmmmmmm! rsrsrs
:)))

WOLKENGEDANKEN disse...

Uma aura roada seria um tema muito interessante para um quadro :))

mariab disse...

:))) só tu!!! beijos

heretico disse...

se te soubesse "propênsica" a jogos de net não teria insistido... sorry. rss

a fluidez das respostas dá-me a certeza que não reincidiste no hábito roer as unhas. com raiva! rss

ainda bem ...

grato.
beijo

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Fiquei a matutar no túnel. Não pelo facto, mas por não lhe ter dado importância.