12 fevereiro, 2009

desagravo





Dauge, B.
le voyage
(2007)






[afinal, quem aqui chega, não tem culpa nenhuma das manifestas limitações aqui da gerente do estabelecimento para captar imagens, seja por intrínseca falta de jeito, seja por limitações do material, seja por tudo... (como se pode verificar no post aí em abaixo.... da janela). descansem pois a vistinha no quadrinho da Beatrice Dauge] :)))))

8 comentários:

mena m. disse...

Que por sinal é lindíssimo!
Que cores!

Espero que amanhã tenhas melhor tempo e que já possas sair da "prisão"!

Um abraço

tinta permanente disse...

Que se é belo se desculpa!...


abraços!


(lá que deixei 'conversa' ali em baixo no balhamedeus, deixei, mas...)

heretico disse...

prontess...

tas desculpada.

cristal disse...

Vê lá é se me tomas tu as cores que deves ter... Embora eu adore as deste quadro que aqui nos mostras, estou mais preocupada com a tua saúde que com as fotografias do teu télélé... BJS

Luis Bento disse...

As melhoras! porque os posts,apesar dos telemóveis, estão cada vez...melhores!

Duarte disse...

Hoje, felizmente, pode-se ir em avião...!
Os barquinhos para os, marinheiros, que sabem nadar, e, se mete água saem a correr... nadando.

Um abraço, nada contagioso, para que sares...

mariab disse...

Adoro as cores. Tás perdoada. Beijos e as melhoras.

WOLKENGEDANKEN disse...

eu sempre cheia de admiracao de onde é que tiras todos estos quadros bonitos e agora todos em azul-verde que tanto gosto. Obrigadissima pela festa para os meus olhos :))