25 maio, 2008

vamos a isto, pois (3)

o boicote em $$$$

diario económico
semanário economico
agência financeira

Entretanto n' A barbearia do sr. Luís os dados estão actualizados. O melhor mesmo é espreitar o estabelecimento !

[nota: eu quando aderi a esta campanha estava mais do que consciente de que "isto" não resolve a questão de fundo. Claro que não resolve. Mas, se por um lado, para mim, já lá vai o tempo da revolução total... por outro lado encaro "isto" como um "fermento" que obriga a pensar e a falar d'"isto"... E o futuro também começa assim!]

4 comentários:

Justine disse...

Eu já perdi um quilo, com o que tenho andado a pé :))

Pulsante disse...

Este "boicote" está a dar um enorme jeito aos espanhóis, aos ingleses, aos franceses e ao norte-americanos.
Boicote a sério era parar os carrinhos. Mas não....continuam a circular...mas sem gasolina/gasóleo da Galp. Está certo. A Galp paga cá os seus impostos...entendem?
O problema não está na Galp...está no IVA e no Imposto sobre produtos Petrolíferos. Do custo por litro cobrado pela Galp...70% vão para o Estado.
Quando, por causa deste boicote - se o mesmo pegar, é claro - a Galp começar a despedir portugueses, pode ser que a consciência revolucionária destes burguesinhos comece a fazer trabalhar os neuróniozinhos...tarde e a más horas.

Pulsante disse...

Para ser mais rigoroso:
O preço da gasolina inclui 59% de impostos;
O preço do gasóleo inclui 47% de impostos.

O aumento real do custo do combustível (sem impostos) é o seguinte desde Janeiro de 2008:
Portugal (sobretudo definido pela Galp) – 8%;
Espanha – 11%;
Média da União – 10%.

Ou seja querem boicotar a única almofada existente….

um Ar de disse...

Não me dava muito jeito ir a pé para a Póvoa...

Em boa verdade, de Metro, também não.

Andar a pé, carregada de pesos que me arrastam, para chegar onde preciso, entre paragens e destinos, acho que era meio caminho andado para a minha certidão de óbito.

Mas, acho que sim... seria o melhor boicote!

[Beijos a todos]