29 maio, 2008

Lunário Perpétuo em Sampa

António Nóbrega
folgazão-rabequeiro, dançador e cantor-brincante reconhecido
[a performance não é só o que parece inicialmente!]
[quem avisa amigo é: vejam até ao fim]
[este é um Brasil de que eu gosto]

9 comentários:

poetaeusou . . . disse...

*
um sivuca.
modernaço . . .
,
conchinhas,
,
*

Justine disse...

É o Brasil enraizado e telúrico, sem artifícios.Também gosto.

mdsol disse...

poeta(tués)!!!
O Sivuca é mais sanfona!!!(e composição, claro)
O A Nóbrega será mais modesto musicalmente mas o domínio do corpo ... um espanto, pra mim!

Justine:
Que bom!
:))

luis lourenço disse...

Rufa...Rufa...e o resto vem por acréscimo...

beijinho

Duarte disse...

Não o conhecia. Foi um prazer.

Um artista completo: os pés parece que tem música, com o corpo como acompanhamento: que vitalidade, que elasticidade!

mdsol disse...

luis lourenço:
até parece fácil...de tãp verdadeiro

Duarte:
concordo... o controlo e a expressão corporais são notáveis!

:))

herético disse...

a "osmose" palco/rua. fantástico!

(vale. carna. vale. assim.)

mia disse...

Obrigada por trazeres ao meu conhecimento esta beleza e esta força. Foi um bem que me fizeste... hoje eu estava a precisar. BJS

mdsol disse...

herético:
muito genuíno sim!
:)

Mia:
que bom que te feez bem!
bjs
:)