11 maio, 2008

together

"Um galo sozinho não tece a manhã:
ele precisará sempre de outros galos."
...
versos iniciais de Tecendo a Manhã
João Cabral de Melo Neto


Chagall, The Rooster, 1929


15 comentários:

Juani lopes disse...

Es como la vida, en soledad es triste y en compañia es felicidad
saluditos

Tinta Azul disse...

Amanhã começo a tecer a manhã rumo à capital do reino para ficar até depois de a manhã e a tarde se tecerem, completamente, no dia seguinte.
:)

mariadosol disse...

juani
:) sim sozinhos não somos

Tinta
Não fora a bandolete que o G. me há-de disfarçar Terça de manhã (amanhã não está lá acho eu) e tb ia de abalada já amanhã. Assim vou depois e fico, pelo menos, até Quinta à tarde.

:)

herético disse...

andas a ouvir muito música. isso vicia...

já nem distingues o cantar dos galos?

(tens razão quem não quer ser galo não lhe veste as penas...)

mariadosol disse...

herético:
Eu só quis dizer que já tinha espreitado tantas vezes que... rsrs E, em abnono da verdade saiste-te muito bem logo a seguir...
:)

Anónimo disse...

o nosso galo é sempre o melhor...

mariadosol disse...

Anónimo:
pode crer que este galo do Chagall é mesmo muito especial para mim
:))

Cometa 2000 disse...

belíssimo post.

somos!

Duarte disse...

Mas que galo! Tem que ver-se rodeados dos demais para sentir-se superior? Pode ser. Coisas de galos.

O de Chagall, uma obra de arte, é um galo de la France: também gosto.

LetrasAlinhadas disse...

Olá
Viemos ter ao teu blogue por acaso, e gostámos. Gostámos muito. Por seres cativante, por teres feito excelentes escolhas.
Um beijo

mariadosol disse...

cometa 2000:
Obrigada e bem vindo!
Somos pois!
:)

duarte:
o galo do poema admite que precisa de outros galos !!!!
Saluditos (achei engraçado este saluditos rsrsrs)
:)

letrasalinhadas:
Obg e bem vindas. E se por acaso desalinharem também vale...rsrs
:)

Duarte disse...

Maria do Sol, o termo "saludos" emprega-se geralmente no fim dum escrito, como nós cumprimentos. "Saluditos", é como um diminutivo, e que a Maria João, Juani, gosta de empregar.

Justine disse...

...assim como uma andorinha não faz a primavera!
Mas este galo do Chagall,de tão belo, quase que era suficiente, oh João Cabral.

un dress disse...

galo que canta viagem ~~

mariadosol disse...

Justine sim, um galo muito especial. Mas as palavra sdo João Cabral também.
:)

Un dress

este galo tem ar de voar sim
:)