05 maio, 2008

saudades



tenho saudades do tempo em que podia cantar,
tenho muitas saudades...
muitas mesmo...

10 comentários:

Justine disse...

Ah sôdade, e como Cesária canta bem. Cabo-Verde é sabe, e apetece sempre voltar

GP disse...

Tanta coisa nova e bonita. É o que dá andar a passear...
Fiquei intrigada com este "tempo em que eu podia cantar". Agora não podes? Ou não te apetece? No meu caso, quando ainda tinha as filhas em casa, eram elas que me mandavam calar... Agora continuo a cantar mal mas canto quando me apetece. Os vizinhos não devem ouvir...

Beijinho e boa semana

Fernando Vasconcelos disse...

Não pode cantar? Então? Eu também fiquei intrigado ...

Tinta Azul disse...

E que bem tu cantavas!
:)

herético disse...

canta, canta, amiga canta!...
(mesmo que não possas)

mariadosol disse...

Oh TintaAzul help me
Diz aos convidados que não é metafórico. E que do mal o menos. Mas há largos anos que não canto...literalmente. [Madame la tiróide...]E às vezes faz-me falta porque eu gostava muito de cantar...[mas continuo a falar pelos cotovelos rsrsrsrs]

Duarte disse...

Conocí a Cesária Évora en Benimaclet, en casa de un profesor de enseñanza media. Compré todo lo que pude de ella, me encanta, que voz, ¡hasta encanta!

El verano pasado, Dulce Pontes, estuvo actuando en los espectáculos de la America´s Cup, y se hacia acompañar de un tal Toni París, también Caboverdiano, que cantaba canciones de Cesária, pero, obviamente, ni comparación.

¿Dices que perdió la voz? ¿ O eres tu que no quiere cantar? Estoy intrigado...
Deseo que ninguna de las dos cosas sea cierta.

mariadosol disse...

Duarte:
Nada de pânico
da Cesária não sei e espero que esteja tudo bem.
Eu não perdi a voz... só que não sou capaz de cantar... o que não é grave rsrsrsrs

mia disse...

Da Cesária posso infomar os interessados que esteve internada, mas já se encontra melhor e, tanto quanto sei, de volta aos palcos.

um Ar de disse...

Não tenho tido net, de modo que aproveito para comentar, em casa da minha mãe.

Mais uma coincidência...
Também já cantei e muito.
Também já não tenho voz...
Mas, fosse isso o mais importante!...

[Um beijo rouco...]