31 maio, 2008

sábado de manhã (8)







White, Wesley
Sleeping Girl

15 comentários:

O natural de Barrô disse...

Gosto do seu blogue.Muito.Vou ser visita diária.

O natural de Barrô disse...

Gosto do seu blogue.Muito.Vou ser visita diária.

Anónimo disse...

Feliz sono, espero (oxalá eu pudesse dizer o mesmo...).
:))
Transdisciplinar

Osvaldo disse...

Sempre a cultura em primeiro plano.
Como é gratificante ver e saber que a cultura é defendida por quem tem confiança no futuro e este blog é um defensor constante da arte cltural...
Obrigado Mdsol.
bjs.

scaramouche disse...

:)

gostei.

scaramouche.

Justine disse...

Knock knock, ainda é muito cedo ou já posso entrar??

Bom descanso neste fim de semana um pouco mais primaveril, até que enfim!!

(ontem à noite as tuas belas orelhinhas arderam um pouco?? é que estive com a prima...))

Tinta Azul disse...

acordei-te?
:))))

luis lourenço disse...

UM bom sono...que delícia? E num colchão fofinho... Que belo repouso!

beijinho

mdsol disse...

o natural de barrô:
Pois que seja! Benvindo que...as palavra ssão como as cerejas...cgeias de sabor!
:)

caro transdisciplinar:
Oh espero que consiga descansar...

Osvaldo:
obg. Volte sempre
:)

scaramouche:
bem vindo
:)

justine:
POdes sempre entrar .. nunca incomodas! A conversa foi boa? Espero que sim!
beijos
:)

Tinta azul:
claro... mas ainda bem!

luis lourenço
Descansar é bommmmmmm
:

[para quem vem cá há pouco tempo e porque não numero os posts nem os agrupo... (as rotinas ai as rotinas que me acabam): desde há umas semanas que, aos sábados, coloco sempre um quadro deste género...quem costuma reparar é a "um ar de" que hoje, estranhamente, não apareceu...espero que ela estaja bem]

Duarte disse...

Aun estás dormitando...

Felices sueños.

um Ar de disse...

Pois, costumo ser eu a aguardar este clássico dos teus sábados.

Mas levantei-me cedo demais, preocupada com não sei o quê [porque, ultimamente, não preciso de motivo específicos] e ainda dormirias, qual sleeping woman...

Fiz o que me sugeristes: saí e comprei duas peças de roupa [coisa inédita...] com cores que nunca vesti, propositadamente. Fugi aos negros e aos cinzas, não sem alguma hesitação. Depois comprei uma prenda ao meu marido, que me alimenta, literalmente.

Estranhamente, fui assediada por um parvalhão, quando regressava a casa. Nunca tal me tinha acontecido no meu familiar Marquês!... Que eu tinha o rei na barriga!... só porque fiz questão em ignorar o imbecil. [Se soubesse a vontade com que lhe vomitava em cima o rei que não tenho na barriga!...] Achei melhor não responder e rumar na direcção oposta à casa, não fosse a criatura insistir em me perseguir até a casa. Lá o despistei e regressei. Não me lembro da cara dele. Nem o quis ver.

Cheguei revoltada...
Então, fui eu que me transformei nesta sleeping woman e dormi toda a tarde...

Acordei e tratei de irrelevâncias, porque me apeteceu... e voltei aqui, agora.

Está explicado. Levei este post à letra!...

[Beijo a atravessar o sábado...]

mdsol disse...

oh linda um ar de:
mas tu não precisas de...a preocupação é só qu etu estejas bem!
beijos gratos

um Ar de disse...

Claro que precisava de vir aqui, contemplar a sleeping woman...

Ainda por cima, esta lembra uma menina na sua pele negra e jovem...

Sabes como gosto deste clássico dos teus sábados!...

[Beijo de estou bem...]

P.S.: Só fiquei com um parvalhão entalado na garganta e a merecer uma joelhada num sítio que eu cá sei! Mas não tenho idade... não ficaria bem... depois, o joelho ia ficar dorido...

José Manuel Dias disse...

Quem muito dorme... ;-)

mdsol disse...

jmdias:
pouco aprende!
:))