02 fevereiro, 2008

tristeza acumulada

Pollock: lavende

1 comentário:

um Ar de disse...

Enquanto dá para acumular a tristeza numa tela - espaço determinado e delimitado - ainda vá...

Quando esse espaço é metáfora de uma tristeza que aí não caberia, a coisa muda.

Espero que este seja o "espaço" que contém a tua.

Por vezes, a minha não cabe, sequer, dentro de mim. E, metáfora é fazer de conta que a não tenho...

Porque contamina tanto como vírus de gripe - lá acabamos por ficar imunes, mas a memória dela cá ficou.

Bj