16 fevereiro, 2008

um beijo para a minha amiga C. num dia em que as saudades começam

Mãe:
Que desgraça na vida aconteceu,
Que ficaste insensível e gelada?
Que todo o teu perfil endureceu
Numa linha severa e desenhada?

Como as estátuas, que são gente nossa
Cansada de palavras e ternura,
Assim tu me pareces no teu leito,
Presença cinzelada em pedra dura,
Que não tem coração dentro do peito.

Chamo aos gritos por ti - não me respondes.
Beijo-te as mãos e o rosto - sinto frio.
Ou és outra, ou me enganas, ou te escondes
Por detrás do terror deste vazio.

Mãe:
Abre os olhos ao menos, diz que sim!
Diz que me vês ainda, que me queres.
Que és a eterna mulher entre as mulheres.
Que nem a morte te afastou de mim!

Miguel Torga : Diário IV (1949)

Gustav Klimt - Mother and Child
http://www.allposters.com/-sp/Mother-and-Child
detail-from-The-Three-Ages-of-Woman-c-1905-Posters_i825888_.htm

7 comentários:

Tinta Azul disse...

Também mando um beijo à C.
.
Gosto muito da pintura de G. Klimt.
Particularmente deste quadro, porque a criança me faz lembrar a minha quando era pequenina. Não faz? Olha bem.
Bj

Mariadosol disse...

Faz sim. E foi por isso que escolhi este quadro. Há mais quadros "mães e filhas" mto bonitos.

um Ar de disse...

Não sei quem é a vossa amiga C.

Mas um beijo ela merece, sim...

Porque C.
Porque sim...

Anónimo disse...

isto é ternura...isto é AMOR!!!


um beijo:pandorabox

Mariadosol disse...

Pandorabox: um beijo especial para ti pelas tuas visitas e pelo modo como "entras".
(Como vês tenho andado demasiado ocupada para ter disposição para outras andanças).
bj

Anónimo disse...

Já entendi SOL_zinha,q estás ocupada ou outra coisa qualquer,mas tenho q fazer notar que és "precisa",,,~

tem uma boa semana...(AHhhhhhh,,a pândega está lá...vem!!!!!)

Um abraço:pandorabox

herético disse...

quem me dera saber (ainda) de cor...