25 abril, 2009

SEMPRE






Warhol, A.
hand with carnation
(c.1957)












Zeca Afonso, Grândola vila morena

No ano passado foi assim aqui no branco no branco

20 comentários:

Tinta Azul disse...

E eu que não encontro o livro...para "te" postar no 25 de Abril.

:)

mdsol disse...

Eu bem que gostava!
:))

salvoconduto disse...

E há quem diga que não valeu a pena...

Lindo!

Carminda Pinho disse...

E foi linda a festa, mdsol.:)

Bjs

Ana Paula disse...

Um cravo tão belo!... como são todos os cravos de Abril em Portugal!

Bj :)

bettips disse...

Todos os anos a vir.
25 de Abril sempre, fascismo nunca mais.
Esse mesmo, o do Salazar, de santa comba, das más interpretações, distracções, didácticas, etc e tal, assim vai algum (mas bastante que chegue para nausear) o povo de abril em Portugal.

Abraços

O meteorologista disse...

25 de Abril , Sempre !
... e sempre a cá vir,
e sempre caixinhas de surpresas boas a saltitar de nenúfar em nenúfar...

meus instantes e momentos disse...

Amo voce minha linda,gosto de vir aqui. Apareça, sinto tua falta por lá. Beijos cariocas pra vc.
Maurizio

Juani disse...

un gran dia si señor,
saluditos

Justine disse...

BOM DIA, amiga:))
VivABRIL!

Graça Pimentel disse...

Minha linda!
Não sabia que tinhas o portátil doente. Aqui quem tem andado doente sou eu. E não são vírus. Aliás ninguém sabe o que é.
Fiquei sem acesso aos meus blogs, não me perguntes porquê. Suponho que foi da Zon já que me escreveu a pedir desculpa pela falta de qualidade do serviço e a oferecer dois bilhetes de cinema... Mais não dizem.
Eu tenho instalado o Norton Internet Security. É potente e com actualizações diárias, pelo que o meu cantinho é seguro.

beijinho grande

Véu de Maya disse...

Maria do Sol,

nesta data tão simbólica deixo-lhe o meu apreço...sem liberdade a vida seria uma gaiola fechada...
beijinho,

véu de maya

jrd disse...

Olá! Há mesmo coincidências, especialmente em Abril.

cristal disse...

Para sempre!

António Abreu disse...

Veio para ficar. Ficou como realidade. Mas também como projecto.
Localizado em 74, ganhou vida própria nas nossas vidas e vontades.

Arabica disse...

Sempre!

Em nós e nos gestos.


Um abraço

lino disse...

Sim, sempre! :))

Duarte disse...

E assim se escreveu uma das páginas mais belas e transcendental da nossa HISTORIA.

Beijinhos de satisfação

heretico disse...

gostei de conhecer da tua atracção pelo Largo do Carmo. no "Dia inicial inteiro e limpo"...

(infinitos são os caminhos da vida... rss)

beijo

susana disse...

Recordo-me de em muito pequenina cantarolar esta música. Recordo-me de a minha mãe não gostar daquelas cantorias, dizendo que eram canções políticas. Eu andava pela primária, a dar os primeiros passos. A minha mãe sofria ainda da primária da vida. Porque alhguns erguem-se de seus túmulos.