22 junho, 2009

tarde em Itapoã


Maria Bethânea, tarde em Itapoã (ao vivo)

Um velho calção de banho
O dia pra vadiar
Um mar que não tem tamanho
Um arco íris no ar
Depois na praça Caymmi
Sentir preguiça no corpo
E numa esteira de vime
Beber uma água de côco

É bom
Passar uma tarde em Itapoã
Ao sol que arde em Itapoã
Ouvir o mar de Itapoã
Falar de amor em Itapoã
Passar uma tarde em Itapoã
Ao sol que arde em Itapoã
Ouvir o mar de Itapoã
Falar de amor em Itapoã

Enquanto o mar inaugura
Um verde novinho em folha
Argumentar com doçura
Com uma cachaça de rolha
E com o olhar esquecido
No encontro do céu e mar
Bem devagar e sentindo
A terra toda rodar

É bom
Passar uma tarde em Itapoã
Ao sol que arde em Itapoã
Ouvir o mar de Itapoã
Falar de amor em Itapoã
Passar uma tarde em Itapoã
Ao sol que arde em Itapoã
Ouvir o mar de Itapoã
Falar de amor em Itapoã

Depois sentir o arrepio
Do vento que a noite traz
E o diz-que diz-que macio
Que brota nos coqueirais
E nos espaços serenos
Sem ontem nem amanhã
Dormir nos braços morenos
Da lua de Itapoã

É bom
Passar uma tarde em Itapoã
Ao sol que arde em Itapoã
Ouvir o mar de Itapoã
Falar de amor em Itapoã
Passar uma tarde em Itapoã
Ao sol que arde em Itapoã
Ouvir o mar de Itapoã
Falar de amor em Itapoã

Passar uma tarde em Itapoã
Ao sol que arde em Itapoã
Ouvir o mar de Itapoã
Falar de amor em Itapoã

Passar uma tarde em Itapoã
Ao sol que arde em Itapoã
Ouvir o mar de Itapoã
Falar de amor em Itapoã

Toquinho e Vinicius (1971)

4 comentários:

anamar disse...

Obrigada,mdsol, por esta doce e também sentida partilha...
Em Agosto, irei mais uns dias até ao "nosso" Rio..
Beijinho
:))

Maria disse...

E pensar que há exactamente um ano eu andava por Salvador... Itapoã... e tudo a que tive direito...
ó dó... que saudade!

:))
Beijo

jrd disse...

Fabulosa canção.
Gosto particularmente da interpretação do MPB4.

Donnola disse...

gosto versão toquinho e vinicius nem pensar ouvir a bethânia,. foge!