17 junho, 2009

quase a terminar, descansem no azul e na voz rouca do Tom Waits






Forge, A.
study spring
(1995)





Tom Waits, you can never hold back spring

12 comentários:

Francisco Clamote disse...

Ou eu sou pouco perspicaz ou a MDSOL está muito enigmática. Saudações amigas.

anad disse...

Bom som. Gostei de passar por aqui.
Anad

jrd disse...

Vamos lá ser simpática para as visitas e dar um cheirinho a outra cor. Será pedir muito?!

Carminda Pinho disse...

A Primavera está a despedir-se com sabor a Verão.
:)))

Que bem que se descansa neste azul, com esta voz.

Beijos, Mdsol.

observatory disse...

"O afastamento do cidadão comum com o exercício do poder político. Por isso esta democracia imperfeita deveria caminhar no sentido da participação. E renovar-se em formas que impliquem mais o cidadão comum.
beijinho
:))"


podes explicar-me isto?

faz de conta que sou muito parvo e nasci ontem

explica-me a democracia sff


:)))))

Tia_Cunhada disse...

Mas que bem...! São 13:54 e adorei esta pausa ao som de Tom Waits. Afinal, quem é ZEN aqui?? :-)
Um beijo

Anónimo disse...

Sometimes, a new spring happens to be found aroud the corner.
When you want, you can see it.
And if you want, you can feel it forever.
Ky

António Torres disse...

:)))

Véu de Maya disse...

Maria do Sol,

boa tarde.

Me cativa o azul nas suas várias tonalidades...mar e céu, de preferência...e foi relaxante ouvir a música. Bem-haja,

brijinho,

Véu de Maya.

anamar disse...

No azul caambraia quero repousar a minha "pobre" cabeça...
Tom, virá mais logo...
Um beijinho

Violeta disse...

e eu calmamente à espera...
bjs

João Branco disse...

Eu não sei se já te tinha dito isto: o teu blog é de um bom gosto assombroso. Beijos de Cabo Verde.