12 maio, 2011

não sei se havia necessidade [especial]


















Não havia muito pelo contrário.
[Esta frase é para ser lida em voz alta, colocando as vírgulas onde vos aprouver]

9 comentários:

ariel disse...

...afinal havia outro......

Beijinho

;)))

jrd disse...

Filhos da política, como diria João Cesar Monteiro

Cristina Torrão disse...

LOL :D

intimidades disse...

nao ha, nao houve, nem nunca havera

Bjinhos
paula

O Puma disse...

Catroga disse pintelho em vez de pentelho

Não merece uma correcção
mas um correctivo

Se fosse o Jardim - tudo bem

lino disse...

Dois burgessos!

Justine disse...

Decididamente, estamos a viver tempos insanos, com gente insana em posições de poder!
(eu cá ponho as vírgulas onde elas devem estar...)

O rural disse...

Como disse Passos ao Portas:

Olhos nos Olhos.

Só com olhos nos olhos Passos Coelho, que ainda não tem "culpas" pode alterar alguma coisa nesta tradicional trafulhice politiqueira.

È que estamos sendo governados com plíticos que olham para o povo de "esguelha".

Mónica disse...

q raio de etiqueta :DDD

já sabes a anedota do socrates q tá mto mal, anda a ouvir passos dum coelho e portas a bater??


q homens tão feios pá!!!