14 maio, 2011

sábado de manhã (160)






Icart, Louis
la vie des seins
(1945)








Não vale insinuar que já me estou a aproveitar do arrojo do Edu.Ca. :)))

8 comentários:

ariel disse...

Lindo!!! mas veja lá minha querida, se não passa por aqui o psiquiatra acompanhado do meritíssimo juiz.

Beijinho

Duarte disse...

Aí, como aqui, o tempo convida a soltar roupas e deixar que o corpo se deixe acariciar pela primavera...
Bom fim de semana e um abraço

mariam disse...

mdsol,

o 'arrojo' (este) é pura arte! obrigada :):)

Fechei a caixa de comentários do http://mariasentidos.blogspot.com/ (um dia destes reabro), mas continuo a visitar o 'blogobairro' e embora ande parca no comentar, não me esqueci de Ti nem dos outros(as)amigos(as).

um abraço e o meu sorriso de sempre :)
mariam

mdsol disse...

Mariam, linda, que bom que apareces! beijinhos.
:))

Duarte, pois, mas a frase a acompanhar tem que ver com um fait-divers da política caseira, que tu, porque estás fora, naturalmente não acompanhas.
Abraço, Duarte
:)))

Ariel

Permita-me acrescentar: o meretíssimo juiz e a meretíssima juíza, porque naquele colectivo de três juízes está uma mulher que votou esse acordão incompreensível. Houve um elemento do colectivo, juiz (homem) que votou vencido e apresentou uma declaração de voto.
:)))

lino disse...

É a mulher do Catroga?

João Menéres disse...

O técnico de Thomaz Bellucci, Larri Passos, admitiu que não gosta de ficar estático e admite que é "pentelho" com seus tenistas. Folha de São Paulo, 10/05/2011

Ana disse...

Tenho a impressão que está mesmo:))!
mas esse arrojo está reservado só a caquéticos e cavaquistas, por isso cuidado!!

Mónica disse...

a menina n devia tar deitada?? viravas a imagem e ninguém dava por nada