05 abril, 2011

porque hoje é terça


Chico Buarque, valsinha

VALSINHA
Um dia, ele chegou tão diferente do seu jeito de sempre chegar
Olhou-a de um jeito muito mais quente do que sempre costumava olhar
E não maldisse a vida tanto quanto era seu jeito de sempre falar
E nem deixou-a só num canto, pra seu grande espanto, convidou-a pra rodar
E então ela se fez bonita como há muito tempo não queria ousar
Com seu vestido decotado cheirando a guardado de tanto esperar
Depois os dois deram-se os braços como há muito tempo não se usava dar
E cheios de ternura e graça, foram para a praça e começaram a se abraçar
E ali dançaram tanta dança que a vizinhança toda despertou
E foi tanta felicidade que toda cidade se iluminou
E foram tantos beijos loucos, tantos gritos roucos como não se ouvia mais
Que o mundo compreendeu
E o dia amanheceu
Em paz

Chico Buarque / Vinícius de Morais

11 comentários:

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Espero amanhecer em paz amanhã (terça-feira), porque o despertar de segunda , apesar de feliz, foi pautado por muitas recordações de violência. Azares de quem é portista em Lisboa. Mas amanhã, ou num dos próximos dias, eu conto.

Rogério Pereira disse...

"E então ela se fez bonita como há muito tempo não queria ousar"

:))

Maria disse...

... e o dia amanheceu em paz!
vai amanhecer, amanhã :)

Beijo, azulzinha.

anamar disse...

Para começar o dia não é mau, não senhor...
:))

Mónica disse...

n posso ouvir pra n me emocionar antes do trabalho ehehehe beijinhos Mdsol

lino disse...

:))

intimidades disse...

e uma dia cheiode valsa para ti

Bjinhos
Paula

intimidades disse...

e uma dia cheiode valsa para ti

Bjinhos
Paula

mfc disse...

Apenas lindo!

Daniel Santos disse...

muito bem.

R. disse...

Uma dupla insubstituível!

Excelente escolha!